Descubra o interior da Inglaterra: 3 destinos fora do radar turístico

0
296
Compre agora!

O interior da Inglaterra reserva belas surpresas para quem acha que Londres é o único destino turístico no Reino Unido.

É importante lembrar: não é apenas em Londres que a vida acontece. Fora da capital, outras cidades apresentam estilos de vida e programações distintas, para todos os gostos.

Superando as fronteiras londrinas, vamos conduzi-lo a um rápido passeio para outras regiões incríveis no interior da Inglaterra. 

Ficou interessado? Então siga a leitura.

3 destinos no interior da Inglaterra

Para quem viaja para a Inglaterra, espiar além da capital é quase uma obrigação. Abaixo, três motivos para conhecer o interior do país:

Bath

Bath - Cidades Medievais
Bath é famosa pelos banhos romanos. Foto: iStock, Getty Images

O primeiro dos destinos fora do radar turístico da Inglaterra é Bath. A cidade fica na região sudeste, a cerca de 150 quilômetros de Londres, mais precisamente no condado de Somerset. A população é de 88 mil pessoas.

Bath foi fundada no século VII, pelos romanos, que construíram casas de banho na região. Sua arquitetura peculiar e marcante é uma das principais características na paisagem. Para os amantes de literatura, é possível visitar o museu Jane Austen Centre, que traz memórias e itens que pertenceram à famosa escritora inglesa. Austen visitava Bath com frequência e a região aparece em vários de seus romances.

Anualmente, acontece um festival de literatura, que inclui atrações para adultos e outras específicas para crianças. A arte tem forte presença em Bath. São cinco teatros e diversos museus que retratam o apego da população à cultura.

A cidade de Bath também possui tradição no esporte, sobretudo no rúgbi, com o Bath Rugby, que disputa a English Premiership, divisão de elite da modalidade. No futebol, o Bath City joga apenas campeonatos semi-profissionais.

Dover

Aí temos outro destino bem peculiar: Dover, cidade portuária e famosa por seus penhascos, tombados como patrimônio nacional. Localizada a 125 quilômetros de Londres, no condado de Kent, a região sempre serviu como ponto de chegada e partida das Ilhas Britânicas ao longo da história.

Pelo Estreito de Dover, é possível chegar à França. Essa proximidade rendeu uma pronúncia francesa ao nome da cidade: Douvres. Estima-se que a região começou a ser habitada na Idade da Pedra, mas a população não é tão densa como nas grandes metrópoles. São apenas 33 mil habitantes, atualmente.

Dover foi de enorme importância estratégica para os militares na II Guerra Mundial e mesmo nas Guerras Napoleônicas. O turismo e os transportes portuários de carga representam grande parcela dos empregos da região. Se você gosta de visitar instalações antigas, o Dover Castle é uma ótima pedida, relembrando as origens e o passado da região. São três museus com temáticas distintas e a possibilidade de se maravilhar com a vista dos penhascos.

O escritor Ian Fleming, criador do agente 007, o lendário espião britânico, se inspirou na região para criar vários personagens e paisagens para suas tramas. Em “007 Contra o Foguete da Morte” e “007 Contra Goldfinger”, o condado de Kent recebe algumas cenas dos filmes e dos livros de Fleming, que eventualmente comprou uma casa na cidade para passar finais de semana e férias com a esposa. O museu de Dover tem uma sala dedicada ao escritor.

Roteiro em Londres

Derby

A rápida viagem de hoje acaba no destino de Derby, às margens do Rio Derwent. Povoada desde o ano 600 d.C, a cidade tem mais de 200 mil habitantes e já foi ocupada por comunidades anglo-saxãs e de vikings. Historiadores afirmam que a região foi uma das responsáveis pela Revolução Industrial, que impactou fortemente a relação entre trabalhadores e empregados ao redor do mundo.

Derby, que está a 180 quilômetros de Londres, é um dos grandes centros ferroviários da Inglaterra e sua projeção internacional se deu quase que exclusivamente em virtude do futebol. Nos anos 1960 e 70, o Derby County saiu da segunda divisão e foi campeão da elite inglesa, se mantendo por algum tempo entre os concorrentes ao título. O clube manda seus jogos no iPro Stadium, em Pride Park.

Mas os motores e a gasolina também são imprescindíveis para a sobrevivência da região. Derby tem uma grande fábrica da Rolls-Royce, da Toyota e produz grande parte dos propulsores de avião comercializados no país.

Além disso, perto de Derby, em Leicestershire, fica o circuito de Donington, uma das referências em automobilismo no Reino Unido e que dedicou um pequeno espaço a um memorial de Ayrton Senna, tricampeão mundial de Fórmula 1. A pista recebeu um Grande Prêmio em 1993, justamente quando Senna marcou época com uma vitória que teve atuação espetacular logo na primeira volta, debaixo de forte chuva.

Os turistas costumam visitar as catacumbas de Derby (onde prisioneiros eram transferidos por via férrea na Era Vitoriana), a fábrica Royal Crown Derby, uma das pioneiras na fabricação de porcelanas no Reino Unido, além da Derby Cathedral, construída no século XVIII.

Os destinos mais turísticos da Inglaterra

De acordo com levantamento do jornal The Telegraph, Londres é o destino mais visitado por turistas no Reino Unido, alcançando a marca de 16 milhões de pessoas ao ano.

Westminster Bridge e Big Ben - Fotos de Londres
Palácio de Westminster é um dos principais cartões-postais de Londres. Foto: iStock, Getty Images

A diferença para outras regiões é enorme, mas não quer dizer que o turismo fique concentrado na capital, como já mostramos em alguns exemplos acima.

Em Manchester, a vida noturna e o apelo do futebol falam muito alto na hora de atrair turistas. Estimativas do governo colocam mais de 980 mil turistas ao ano na potência industrial mancuniana. Manchester City e United certamente são responsáveis por esse boom turístico.

Depois das duas metrópoles, chama a atenção a alta movimentação de visitantes em Birmingham, que concentra festivais de música, de arte, exposições e outras excelentes atrações. Birmingham é completa como destino, já que oferece uma rica variedade de experiências como parques de diversão, zoológicos, grandes shoppings, estádios de futebol, estúdios da emissora BBC e museus que ajudam a contar a história da civilização inglesa. Mais de 940 mil turistas passam por lá anualmente.

E você, vai visitar o interior da Inglaterra? Deixe um comentário.

Compre agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here