Veja como visitar a Muralha de Adriano

Veja como visitar a Muralha de Adriano

A Muralha de Adriano é um daqueles pontos da Inglaterra que transporta o viajante a uma outra era. Situada ao norte do país, bem na fronteira com a Escócia, ela é um monumento remanescente do grandioso Império Romano. Se antes era um elemento de proteção, hoje virou atração turística. ⚔

Erguida em pedra e madeira, a Muralha de Adriano foi construída a pedido do Imperador Adriano (daí o nome) e ficou pronta no ano 126 d.C. Foi uma das construções mais extensas do período: sua estrutura se estendia por cerca de 118 km. Até hoje, visitar o muro é uma forma de conhecer um pouco mais da história da civilização romana.

Ficou empolgado para saber mais sobre a muralha? Abaixo, você descobre um pouco mais sobre a história do monumento e como visitá-lo. 😉

Hadrian's Wall
Muralha de Adriano foi erguida na época do Império Romano, em 122 d.C. Foto: iStock, Getty Images

Dicas para visitar a Muralha de Adriano

Por questões estratégicas, a emblemática Muralha de Adriano está bem ao norte da Inglaterra – já na região que hoje faz parte do território da Escócia. O bacana é incluir esse ponto turístico no roteiro justamente quando você estiver fazendo um bate-volta entre ambos os países, passando por New Castle, já que são mais de seis horas de viagem de carro entre Londres e o monumento romano.

Veja no mapa:

Há diversas alternativas para explorar a atração. Você pode conferir apenas um pedacinho dela ou, se tiver um espírito mais aventureiro, percorrer uma trilha chamada de Hadrian’s Wall Path, que passa pelos arredores da Muralha em um período de sete dias.

O grande barato dessa última opção não é apenas contemplar toda a magnitude do monumento, mas também observar os pastos, terras, campos ondulantes e até salinas da costa oeste.

No caminho, também é possível ter uma ideia de como é a vida dos locais que habitam a região e conhecer pubs inéditos que remetem bastante à essência original das public houses. Uma experiência culturalmente riquíssima.

Hadrian's Wall
Pela trilha Hadrian’s Wall Path, é possível contemplar lindas paisagens nos arredores do Muro. Foto: iStock, Getty Images

Outra dica interessante é visitar os diversos museus inaugurados nas proximidades da Muralha de Adriano. O Great North Museum, situado em Newcastle, conta com esculturas e inscrições que relatam a história da construção da muralha. Ali pertinho, há também um local chamado Segedunum, que abriga um forte e uma casa de banho (há águas termais na região, aproveite!).

No topo da torre de 35 metros de altura, é possível contemplar antigas lanças e pedras utilizadas para atacar inimigos. Outro ponto histórico situado nos arredores da Muralha é a réplica de Fort Arbeia, em South Shields, que reúne elementos escavados na região: moedas, pedras preciosas e até itens de batalha como espadas e cotas de malha.

Por fim, vale a pena também visitar o Senhouse Roman Museum, um museu localizado no litoral da Cumbria, na extremidade da Muralha. Ele reúne altares e esculturas remanescentes do antigo forte, além de possuir uma torre de observação reconstruída incrível. Ela garante uma vista maravilhosa do Mar da Irlanda.

Uma breve história sobre a Muralha de Adriano

Muralha de Adriano
Muralha tinha por objetivo proteger o território dos romanos. Foto: iStock, Getty Images

A história da Muralha de Adriano é praticamente uma síntese da grandiosidade do Império Romano e sua plena expansão pelo continente europeu. Suas origens remontam ao período de 122 d.C., quando o então imperador Adriano ordenou a construção de um forte para proteger o território romano da invasão dos povos bárbaros do norte, que habitavam o atual território escocês.

A construção da Muralha levou quatro anos e, quando finalizada, percorria cerca de 80 milhas romanas (algo em torno de 118 km) e tinha 4,5 metros de altura por 2,5 metros de largura. Impenetrável. Em sua extensão, também havia torres de observação e quartéis. Até hoje, quem percorre a trilha também consegue ver diversas fortalezas e casas de banho restaurados no trajeto.

Apesar de todo esforço envolvido na construção do monumento, 20 anos após sua inauguração os cerca de 9 mil guardas responsáveis pela vigília começaram a abandonar seus postos, fazendo com que a linha de defesa entrasse em decadência. De qualquer modo, a Muralha de Adriano permaneceu como um presente da civilização romana para o mundo até hoje.

E aí, gostou de conhecer a história da Muralha de Adriano? Vai incluir esse incrível ponto turístico da Inglaterra no roteiro? Comente! ☺️

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

Sem comentários