Libra ou Euro? Qual é a moeda de Londres?

2
4863
Descubra!

Vai viajar para a Europa e está em dúvida sobre qual é a moeda de Londres? É a libra, apenas ela. Você não pode usar o euro, o dólar ou qualquer outra moeda para fazer pagamentos por lá porque em Londres e em toda a Inglaterra e no Reino Unido, a moeda oficial é a libra esterlina, chamada de “pound sterling”, ou simplesmente “pound” em inglês.

A libra esterlina vale mais (por enquanto!), é mais antiga, maior e mais pesada do que o euro. E esse “não poder usar o Euro” sempre existiu, desde antes da votação do Brexit, pois nem todos os países que fazem parte do Reino Unido aderiram ao Euro como moeda nacional.

A seguir, você vai encontrar tudo o que precisa para lidar com seus euros e também com a libra, a moeda de Londres 🙂

Euro em Londres

Notas de euro em Londres
Algumas lojas em Londres abrem exceção para o euro. Foto: iStock, Getty Images

Você já viu que não pode usar euro em Londres. Esta é a regra geral: a esmagadora maioria das lojas, restaurantes, pubs e estabelecimentos em geral trabalham apenas com a Libra. Como já dito acima, isso não é só de agora que o Reino Unido está deixando a União Europeia, pois o país nunca adotou para si o euro.

Mesmo assim, há alguma lojas de departamento, como a Harrods e a Selfridges, que aceitam euros. São lojas que têm turistas estrangeiros como clientela importante e, por isso, abrem uma exceção.

Mas moedas estrangeiras estão sujeitas à taxas de conversão, que na maioria das vezes não é nada interessante para o turista. 

Roteiro em Londres

Normalmente, nessa situação, ao comprar em euro nesses locais, o seu dinheiro será convertido a uma taxa bem menor do que a média de mercado.

O mesmo acontece com os aeroportos de Londres. Por serem locais de trânsito internacional, muitas lojas aceitam euro, mas seguindo a mesma regra.

Então, é melhor se programar com antecedência e trocar reais por libras antes de embarcar, pois ao invés de pagar mais caro por um produto, você pagará na boa e velha moeda de Londres para garantir que não perdendo dinheiro a toa com taxas desnecessárias.

Atenção aos cartões em euro ou dólar

Vale ficar bem atento também às compras em cartão de crédito e débito, que usam taxas de conversão normalmente não muito favoráveis e ainda pagam IOF de 6,38% do valor da compra.

Além disso, a data da cotação da moeda é a do fechamento da fatura, e não a da compra, o que pode levar a discrepâncias entre o preço que você imagina que pagou e o custo final daquela aquisição.

Onde trocar dinheiro por Libra

Pound sterling - libra esterlina
Libra perdeu valor com o início do processo do Brexit. Foto: Mapa de Londres

Se tiver dinheiro em espécie e quiser trocar Real ou Euro, você tem várias formas de fazer isso. Mas já avisamos, é mais fácil trocar real aqui dentro do Brasil do que na Inglaterra porque lá algumas agências não aceitam a nossa moeda.

Se você já estiver na cidade, o centro de Londres possui várias casas de câmbio e agências bancárias que fazem a troca de moedas. A Thomas Exchange Global é uma das mais famosas e ela aceita reais. Você pode ver a cotação da compra e venda deles neste link.  Além dessa casa de câmbio, várias agências bancárias e até de correio também fazem trocas de moedas estrangeiras.

A dica é sempre perguntar se há alguma “fee” (a hidden one, actually), taxa que pode estar incluída na troca ou comissões, que geralmente encarece a transação para o cliente e pode fazer a diferença final entre o preço oferecido por uma agência e outra.

Nos aeroportos, é claro, também é possível fazer a troca de moedas. Mas normalmente as melhores taxas são encontradas no centro da capital, até mesmo perto de grande estações como a Liverpool Street Station.

Quanto ter em espécie?

O quanto exatamente você deve ter em espécie depende de alguns fatores e é um tanto pessoal. O tempo de duração que terá sua viagem e se você pretende gastar dinheiro com compras e bons restaurantes ou apenas com o básico, são fatores que influenciam na decisão.

Mas, do ponto de vista da segurança, recomendamos algo em torno de 85 libras por dia para cobrir seus gastos, porque em Londres, assim como em todas as grandes cidades do mundo, existem os “pickpockets”, ou “trombadinhas”. Então não ache que é porque você está na Europa que deve carregar todo o seu dinheiro com você no bolso. O bom senso aqui também é bem-vindo.

Se você ficar muitos dias, pode estabelecer um limite para levar em dinheiro, como 500 libras ou mil libras, dependendo se vai sozinho, em família ou com amigos. Passeios em grupo acabam saindo mais barato e estudantes recebem descontos em vários lugares como museus e peças de teatros.

Para a imigração de Londres, não há um número mágico – apenas o bom senso.

Cotação da Libra e do Euro

Um evento que abalou bastante as cotações da Libra foi o emblemático Brexit. Se você quer entender melhor como o povo inglês está passando pela separação da União Europeia, leia este artigo completo sobre o Brexit.

Do ponto de vista cambial e, de maneira mais ampla, de todo o funcionamento do mercado financeiro e da economia real, o Brexit levantou muitas dúvidas sobre os impactos na economia do Reino Unido. A cotação da libra é um retrato bem interessante desse movimento.

No final de 2015, os valores ficaram em torno de 1,30 e 1,44. Em 2016, com a expectativa do Brexit, o mercado já começou a precificar antecipadamente os eventos políticos desde janeira, fazendo a cotação chegar às vésperas do plebiscito se esforçando por manter o patamar de 1,30 euro.

A partir do plebiscito e do anúncio do resultado, a libra iniciou uma forte trajetória de queda, chegando a bater em valores próximos a 1,10 euro. Após uma rápida e branda recuperação nos meses seguintes, a libra continuou a oscilar e perder força em relação a moeda da UE. Pouco mais de um ano após o plebiscito, a libra está em 1,14 Euros.

A libra é historicamente mais forte que o Euro, mas vem perdendo força desde o Brexit. Isto significa que mesmo a moeda de Londres sendo mais forte do que o Euro, ela está valendo do que antes frente à outra moeda.

As duas moedas estão quase se equiparando em termos de relação de valor. À medida que as consequências econômicas e financeiras do Brexit fiquem mais claras, é possível que os preços se reacomodem e a libra volte a ganhar força. Mas até que ele aconteça só temos especulações de economistas, a certeza só virá quando o Brexit de fato ocorrer.

Se a saída dos britânicos da União Europeia implicar em grandes impactos na economia nacional e no comércio dos países que compõem o Reino Unido, provavelmente a libra continuará a se equiparar com o Euro e terá mais dificuldades para voltar a ser uma moeda muito mais forte como era até 2015.

Em relação real brasileiro, a libra já chegou a valer mais de seis reais em anos recentes (sim, dolorido para o bolso). Do começo de 2019 até o final de maio a moeda de Londres vem oscilando entre 4,70 e 5,00, o que não é nada barato. No dia 31 de maio de 2019, uma libra custava R$4,96, enquanto um euro custava R$4,40.

Considerações finais

Então, agora que você sabe o histórico da Libra em relação ao Euro e como funcionam os estabelecimentos comerciais no Reino Unido, não restam dúvidas. Você não pode usar Euro em Londres!

Além de você sair perdendo nas conversões cambiais, são muito poucas lojas que aceitam pagamentos em Euros. O melhor é ter seu cartão em Libras e fazer a troca no centro londrino ou em uma casa câmbio de sua confiança antes de partir para a viagem.

E para ficar familiarizado de vez com a Libra, conheça mais sobre a história e curiosidades dessa importante moeda de Londres e de todo o Reino Unido. Aproveite a viagem!

Descubra!

Relacionados

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa Tarde,
    Achei seu blog espetacular !!! muito rico em detalhes, que ajuda efetivamente muito quem quer ir à Londres. Muitos parabéns e obrigada pela generosidade e capricho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Publique seu Comentário
Entre com seu nome aqui