Como e por que visitar Yorkshire, na Inglaterra

2
293
Compre agora!

Yorkshire cuida bem de suas belezas naturais, atrai muitos turistas e é aclamada na Inglaterra como uma região que respira cultura quase 24 horas por dia. Como a zona montanhosa é uma das mais belas da Europa, a região recebeu o apelido de “Condado de Deus”.

Você sabe quais são as principais atrações e destinos de Yorkshire, na Inglaterra? Vamos revelar algumas delas nos próximos parágrafos.

Por que visitar Yorkshire, na Inglaterra

Yorkshire

O primeiro grande motivo para visitar Yorkshire, na Inglaterra, é a variedade de festivais de música. O maior deles é o Festival Republic, com bandas de sucesso no cenário internacional. A adrenalina também corre solto em corridas anuais como a Yorkshire Summer Festival, que recebe famílias inglesas em grande número.

Outros eventos famosos na região são os que envolvem literatura, agricultura, arte e alimentação. Yorkshire reúne boas opções de entretenimento para todas as áreas, com um roteiro recheado de festas durante o ano.

Roteiro em Londres

Os esportes também representam uma grande parte do envolvimento da população local. A região possui focos em modalidades como futebol, rúgbi, cricket e até mesmo corridas de cavalo. O mais destacado é o Leeds United, três vezes campeão inglês e finalista da principal competição de clubes europeus nos anos 1970. Atualmente, o Leeds está na segunda divisão nacional.

As cervejarias de Yorkshire são muito apreciadas pelos ingleses. São pelo menos dez fábricas e rótulos que circulam pelo país, fazendo do condado uma referência nacional no empreendimento e no consumo cervejeiro. A tradição na produção da bebida remete ao século XII. A fabricação em escala industrial, no entanto, começou a ganhar força durante o século XVIII.

Dentro do raio de Yorkshire, estão as seguintes cidades: Leeds, Sheffield, Bradford, Kingston upon Hull, York, Huddersfield, Middlesbrough, Doncaster, Rotherham, Halifax, Barnsley, Wakefield, Harrogate, Keighley, Dewsbury, Scarborough, Batley, Castleford, Redcar e Bridlington.

A mais populosa entre as vinte cidades é Leeds, com cerca de 750 mil habitantes. Ao todo, Yorkshire concentra 5 milhões de pessoas em seus domínios.

Onde fica Yorkshire

Com uma área de 11.903 km², Yorkshire está situada na região norte da Inglaterra. Ao redor do condado, existe uma grande concentração verde, o que mostra a preocupação dos ingleses com a natureza.

Yorkshire é cercada por rios e mares de suma importância geográfica na Europa como o Rio Tees, o Mar do Norte, o Rio Don, o Rio Sheaf e o estuário de Humber. Em virtude dessa proximidade com vias marítimas, a indústria têxtil do condado evoluiu bastante ao longo dos últimos séculos, especialmente após a Revolução Industrial no século XVIII.

A atividade de exploração de minas também rendeu bastante projeção financeira ao condado, que recuperou o controle sobre a região norte da Inglaterra após a Batalha de Marston Moor, no século XVII, como um dos capítulos mais marcantes da Guerra Civil Inglesa (1642-1646).

Inicialmente, o terreno onde fica Yorkshire, na Inglaterra, foi ocupado por celtas. Mais tarde, viveu período de dominação romana e dos vikings, quando recebeu seu nome. Jórvik, em dinamarquês, foi o primeiro batismo oficial da região, depois da invasão de tropas dinamarquesas em 866 d.C, no que foi constituído o Reino de Jórvik. O nome York é nada mais que uma adaptação anglófona do original.

Mais de dois séculos depois, em 1069, o povo do norte fez um levante contra o domínio dos Normandos, que ocuparam o território desde 911.

Historicamente, esse pedaço da Inglaterra também teve papel crucial na Guerra das Rosas, entre as casas de York e Lancaster. As duas famílias nobres (dinastias), descendentes do Rei Eduardo III, lutaram pelo trono britânico entre 1455 e 1485. A identidade de Yorkshire pode ser resumida com a rosa branca, símbolo da Casa de York.

Muitas emissoras e produtoras costumam usar a região de Yorkshire para gravar episódios de seriados e filmes. A série Downton Abbey, com temática de drama histórico, acontece em uma propriedade privada nos campos do condado. Já Happy Valley, um thriller policial, foi gravado na região oeste de Yorkshire, em uma área urbana.

As paisagens mais estonteantes de Yorkshire, na Inglaterra, ficam em Ilkley Moor, Whitby e Kilnsea. A primeira, em Ilkley Moor, consiste em um vale com mais de 400 metros de altura, que proporciona uma excelente vista panorâmica do lugar.

Whitby, por sua vez, está situada em uma zona portuária, com apelo para a pescaria e para viagens de barco. Lá também ficam as ruínas da Whitby Abbey, uma abadia beneditina abandonada desde o século XVI.

Mas se você prefere algo mais silencioso e tranquilo, Kilnsea pode ser uma boa pedida, bem na ponta leste de Yorkshire. A praia de Kilnsea, e o farol de Spurn são muito visitadas por turistas, além da fronteira com o estuário de Humber.

De Londres a Yorkshire

Para chegar a Yorkshire, não é preciso gastar muito tempo. A forma mais comum de se encarar o trajeto é por trem. Trens de alta velocidade fazem o trajeto entre Londres e as grandes cidades do condado em pouco mais de 100 minutos.

São várias as empresas que oferecem transporte por via férrea: CrossCountry, Virgin Trains, First Hull Train, Northern Rail, First TransPennine Express e Grand Central, que ligam Yorkshire a outros cantos do país como Manchester, Liverpool, e claro, Londres, a capital.

O ônibus é outra opção em conta a se considerar. A viagem pela empresa National Express Coaches dura, em média quatro horas no trajeto Londres-Leeds. Se você estiver de carro, dependendo do lugar de origem, as estradas A1, M1, M5, M42 e M62 cruzam o condado.

Em último caso, se a ideia for uma viagem rápida, a ponte aérea também é recomendada. Existem aeroportos de porte nacional e internacional, como o Leeds-Bradford e o Doncaster-Sheffield. O segundo, inaugurado recentemente, pode ser acessado facilmente pela estrada M18, a Great Yorkshire Way.

E aí, curtiu as dicas sobre Yorkshire? Comente.

Compre agora!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here