Como visitar o Imperial War Museum

Como visitar o Imperial War Museum

Fundado em 1917, o Imperial War Museum conta a história das batalhas e das vidas afetadas pelas forças bélicas desde a Primeira Guerra Mundial. Este é o primeiro museu de guerra de Londres. Existem quatro outros na Inglaterra, todos financiados e mantidos pela organização Imperial War Museum.

Fotos: Gustavo Heldt, Mapa de Londres

Entrada: Gratuita (exibições especiais podem cobrar ingresso)

Visitação: Das 10h às 18h, diariamente (FECHADO 24, 25 e 26 de dezembro)

Onde fica: Lambeth Road SE1 6HZ

Metrô:

Lambeth North (Bakerloo Line) Mapa da estação ao museu

Waterloo (Bakerloo, Northern, Jubilee Line)

Southwark (Jubilee Line)

Elephant & Castle (Bakerloo, Northern Line)

Site do museu

Como é a visita ao Imperial War Museum

A visita começa antes da entrada no museu. No pátio, está exposto um tanque de guerra. Dentro, o teto é ocupado por diversos aviões de batalha, enquanto o chão angaria objetos como armas, documentos, fotos, livros, gravuras, mapas e tanques.

Imperial War Museum em Londres.
Esta parte inicial se encontra em reformas
Imperial War Museum em Londres
Tanques de diversos modelos estão em exibição
Transporte de soldados na Primeira Guerra
Transporte de soldados na Primeira Guerra

Com um pouco de imaginação e o olho atento às informações em cartazes, fotos e vídeos espalhados pelo local, o turista pode experimentar as sensações da guerra em uma espécie de bunker particular, à prova de balas, bombas e mísseis.

As trincheiras de cada batalha são fincadas em diversas coleções diferentes, a maioria permanente e gratuita.

Nas Second World War Galleries, o visitante experiencia as cores, os cheiros e a destruição de uma Londres bombardeada. Dá para acompanhar o tormento dos moradores de uma casa e a alteração profunda em sua rotina durante o conflito, com narrações impressas, áudios de rádios da época, fotos e vídeos.

Impactos da Segunda Guerra em Londres
Londres foi bombardeada pelos nazistas no conflito

The Holocaust Exhibition congrega itens que lembram e narram o sofrimento de milhares de judeus pelas mãos dos nazistas. É certamente a área mais angustiante do museu. Observar uma pilha gigantesca de sapatos que pertenceram a judeus assassinados nos campos de concentração provoca uma das sensações mais desconcertantes de toda a jornada, que culmina com a indagação: “Como pode o ser humano fazer uma coisa dessas?”.

Proibido tirar fotos na exibição do holocausto

Já a Secret War, um dos espaços mais interessantes e menos sangrentos, mostra que a guerra não terminou depois da derrocada do Terceiro Reich. Veja  acessórios e armas utilizadas por espiões e histórias reais do serviço de inteligência britânico.

Espionagem antes da NSA

E também

Conheça os outros museus de guerra de Londres:

HMS Belfast

Churchill War Rooms

Mais atrações

Guia de pontos turísticos

Roteiros em Londres

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

32 comentários

    • Rafael,eu gastei bastante tempo… pq passam videos, documentários, tem bancos, as pessoas sentam e veem as cenas estarrecedoras do q houve lá, ou pelo menos tem uma idéia do q realmente aconteceu. Vc pode entrar nos cubiculos onde as pessoas dormiam, tem uma parece de vidro com um monte de sapatos das pessoas que morreram nas camaras de gás… triste demais os sapatinhos pequenininhos das crianças… olha… chorei demais la dentro… muito triste!!! Vale a pena ir…

  1. Mesmo em reformas voces acham que compensa a visita??? O museu estava em meus planos mas caso nao compense posso tirar e colocar outro ponto turistico no lugar.

  2. uma coisa ,é para o pessoal do site.Vcs só falam como chegar de metrô,tem alguma coisa contra ônibus?

    olhando pelo site de vocês,prefiro ir a pé,pois fica muito restrito as informaçoes.
    o ônibus é o melhor meio de conhecer londres.A nao ser que seja uma minhoca e queira ir por baixo.Ai nao vai ver nada e nao vai conhecer nada.Vai perder tempo isso sim.

    • Oi, Melissa. Para turistas e viajantes que têm pouco tempo na cidade, quase sempre é mais fácil se deslocar de metrô. Abraços!

  3. vai ate alefante castle e chega a pé.Tem ônibus aos montes para lá e é perto.Os mapas ficam meio confusos,pois para quem nao conhece,acha dificil,más se tem uma referencia,fica melhor.
    Em elefante castle tem 2 ruas que chega na rotatoria e 3 que sai do lado oposto,pegue a da esquerda,a primeira e vai dar lá.O parque verde é outra referência,do museu.

    beijocas.

  4. Adorei este museu, pena que só tive uma hora para andar antes dele fechar. Tem muito material exposto sobre as guerras: roupas, cartazes, armas. E adorei as “experiences”, você realmente se sente nos meio das guerras.