Londres é um parque de diversões: tem até roda-gigante

Londres é um parque de diversões: tem até roda-gigante

1

Quando você chega a um lugar para o qual teve de pagar caro para visitar e se depara com uma roda-gigante (gigante), um rio para passear de barco, guardas trajando roupas que remetem a épocas remotas, castelos e outras atrações, você conclui que esse deve ser o melhor parque de diversões da história. E, de fato, Londres parece um grande parque de diversões à espera dos viajantes, que podem escolher entre centenas de pontos turísticos para se encantar com a capital britânica e retratá-la em fotos que povoarão facebooks e a imaginação dos futuros visitantes da Terra da Rainha.

Big Ben - Mapa de Londres
Londres é uma das mais belas cidades do planeta. Foto: Mapa de Londres

Londres, o parque de diversões da Inglaterra

Londres é barata

Londres custa até menos do que deveria custar. Aqui o sistema de transporte público funciona e conduz os viajantes aos mais variados recantos em um curto espaço de tempo. Aqui a comida tradicional pode não ser a mais atraente, mas oferece tantas cozinhas tradicionais, de tantos lugares, que ninguém se decepciona. Aqui vários museus possuem entrada gratuita, e os que são pagos têm a obrigação de cobrar pela qualidade do passeio. Aqui até uma caminhada descompromissado reserva surpresas agradáveis, com músicos tocando na rua, o pôr do sol no horizonte do Rio Tâmisa e brechós interessantíssimos pelo caminho. Aqui não se fala inglês, mas todas as línguas do mundo. E quando se fala inglês, com sorte, será o inglês do south West, aquele do Hugh Grant e de tantos outros astros de lábia apreciável.

Londres tem clima londrino

Londres tem menos chuva do que se imagina. Esqueça tudo o que você sabe sobre as temperaturas e o clima em Londres. Antes de vir para a capital britânica, é comum que o turista acredite que encontrará mau tempo durante toda sua estada e que terá de desembarcar no Heathrow já munido de capa de chuva.

Na verdade, a cidade recebe, sim, raios solares e apresenta tempo quente no verão, abaixo dos 30 graus, e frio no inverno, acima do zero grau. Entre dezembro e janeiro, a neve costuma embranquecer alguns pedaços de Londres, embora as zonas 1 e 2, mais turísticas, raramente recebam neve suficiente para montar um bonequinho de neve.

Chove 1/3 dos dias em Londres. Essa é a estatística dos últimos anos, pelo menos. Isso quer dizer que, se você passar seis dias na cidade, vai chover em apenas dois. Talvez isso não possa ser comemorado se você passa as férias na Bahia, mas deve servir de alento para quem teme as precipitações britânicas como se pudessem atrapalhar qualquer plano de viagem. Com sorte, no verão, você não precisará nem de guardachuva.

Londres tem futebol

Londres é uma das capitais do futebol. Tudo começou na Inglaterra. Quem se apaixona hoje pelo futebol pode achar que o esporte foi criado no Brasil, já que a seleção canarinho se adonou dos gramados e resolveu produzir craques em série e exportá-los para todo os campos do mundo. Mas foram os britânicos que criaram o football, e Londres é uma das cidades inglesas que mais respira o esporte bretão.

Londres é Camden Town

Londres apresenta Camden Town, um dos bairros mais bizarros do mundo contemporâneo ocidental. Camden Town é comumente descrito como o bairro que congrega os indivíduos mais exóticos de Londres, com seus cabelos manchados, piercings em lugares inusitados e tatuagens por todo o corpo. Mas aqui essa gente toda é comum: estranho mesmo é você. Bem-vindo a uma terra diferente, mesmo para os padrões britânicos – usualmente mais liberais do que o resto do mundo. Bem-vindo a um lugar que exala aquele aroma curioso que inspira, imediatamente, estados diferentes de consciência. Bem-vindo a uma região onde cogumelos mágicos podem ser comprados nas esquinas, botas altas são como havaianas em Ipanema e piercings só parecem esquisitos quando não estão ali.

Londres é do rock

Londres se constitui em um dos grandes berços nos quais o rock deu seus primeiros gritos. As bandas britânicas Rolling Stones, The Who, Iron Maiden, The Kinks e Beatles não são todas da capital, mas passaram um bom tempo em Londres aperfeiçoando seus acordes, flertando com drogas, bebendo como loucos, destruindo palcos e conquistando corações de garotinhas (e garotões) que ainda hoje gritam de saudade daqueles bons tempos. Conheça os lugares frequentados pelos Beatles em Londres.

Londres é apaixonante

Quando você deixa Londres, a impressão é que você não deixou só um parque de diversões, e sim a cidade mais divertida do planeta. Mas um dia, um dia, você vai voltar. E quando subir as escadas de Oxford Circus e vislumbrar a cidade que um dia você abandonou, você não terá dúvida: Londres é muito mais do que um parque de diversões. Londres é uma paixão. Real.

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

1 comentário