Veja 4 dicas para sua viagem de trem pela Europa

1
221
Compre agora!

Fazer uma viagem de trem pela Europa é o sonho de muitos aventureiros animados para explorar o Velho Mundo. A malha ferroviária europeia é, de fato, uma preciosidade: você consegue percorrer inúmeros países de forma ágil e segura, além de ganhar lindos cenários de brinde para contemplar pela janela. 😍

Aqui mesmo no Mapa de Londres, nós já compartilhamos várias sugestões de viagens partindo de Londres para outros cantinhos incríveis da Europa. O próprio Eurotrem conecta a capital da Inglaterra à capital da França em apenas 2h15min.

Pela praticidade dos trens na Euroapa, é possível acessar muitos outros destinos saindo de Londres: Bruxelas, na Bélgica; Berlim, na Alemanha; Dublin, na Irlanda e Edimburgo, na Escócia, são apenas algumas das sugestões que já compartilhamos por aqui. Mas, se você quer um roteiro personalizado, vale ficar de olho nas dicas abaixo. 🚊

Trem de Londres para Dublin
Trens estão entre os mais populares meios de transporte na Europa. Foto: iStock, Getty Images

4 dicas para fazer uma viagem de trem pela Europa

Com o passo a passo abaixo, fica fácil organizar uma viagem de trem pela Europa – independente do destino que você sonha em conhecer. Dê uma espiada nas etapas:

Monte o itinerário

O primeiro passo é verificar se há uma malha ferroviária que conecte o ponto onde você está ao local de destino. Como? Uma dica é acessar sites como o RailEurope (que mostram os trens e horários disponíveis) ou o site da Deutsche Bahn – é uma companhia de trens alemã, mas que contém um banco de dados confiável sobre todas as ferrovias europeias.

Ao fazer essa simulação, já é possível ter uma ideia se o trajeto é viável. Outro detalhe importante: lembre-se de que, entre os países integrantes do Espaço Schengen, é possível circular livremente. Londres, porém, não faz parte do acordo. Então, partindo da capital inglesa é preciso passar pela imigração antes de acessar vários outros países da Europa.

Confira a duração do percurso

Ok, você descobriu que o trajeto de trem é viável. O próximo passo é verificar a duração do percurso para, então, decidir se a viagem vale a pena. Viagens de trem com muitas paradas e mais de 10 horas de duração podem se tornar muito cansativas. Nesses casos, pegar um voo low cost pode ser mais interessante.

Compre os bilhetes

Se você optar pelo trem, a próxima etapa é comprar seus bilhetes. Hoje, já é possível comprar online – através de sites como o próprio RailEurope (cobra uma taxa em cima, mas pode ser acessado em português) ou no próprio site oficial da companhia responsável pelo trajeto (sai mais barato, normalmente). No momento da compra, você já reserva o assento.

A vantagem de comprar pela internet é que, se a compra for feita com antecedência, você consegue um desconto significativo. Também pode garantir que conseguirá viajar na classe em que quiser, pois ainda haverá bastante assentos disponíveis.

Chegue à estação no horário

Com tudo pronto, basta verificar onde é a estação de partida e estar lá com um pouquinho de antecedência. O ideal é chegar à plataforma 45 minutos antes da viagem (se houver imigração). Caso contrário, 20 minutos de antecedência já estão de bom tamanho.

Lembre-se de que nos trens não é preciso despachar as malas. As bagagens maiores devem ficar nas prateleiras de entrada dos vagões, enquanto as menores podem ser colocadas no compartimento acima do seu assento.

Quanto custa uma viagem de trem pela Europa?

O valor a ser desembolsado em uma viagem de trem pela Europa é muito relativo. Tudo depende de variáveis como: a distância a ser percorrida, a classe em que você vai viajar e a antecedência com a qual comprou o bilhete, por exemplo. Viagens curtas, com 2h de duração ou um pouco mais, geralmente ficam entre 35 e 70 euros.

Se você quiser ter uma ideia mais exata, o jeito é simular nos sites que já mencionamos acima. Outra questão: o investimento vale a pena? Isso também depende do quanto você quer gastar e do conforto que você almeja. Por exemplo: uma passagem de trem de Budapeste para Viena sai por, em média, 47 euros. Segundo o site Flixbus (que mostra trajetos de ônibus), essa viagem sobre quatro rodas sairia por 17 euros.

O mesmo vale para voos low cost. Na Europa, voar com companhias aéreas de baixo custo pode ser mais rápido e barato do que ir de trem. No fim das contas, it’s up to you: escolha o estilo de viagem que mais lhe agrada (e se adapta ao seu orçamento) e curta o mais importante, que é o destino. 🙃

E aí, gostou das dicas para sua viagem de trem pela Europa? Já planejou o itinerário? Conte para a gente nos comentários!

Se quiser ver mais detalhes sobre como andar de trem pela Europa, espie este artigo bem completinho do Mapa do Mundo: “Trem na Europa: 4 dicas e orientações para sua viagem”.

Compre agora!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here