Roteiro da parte “hipster” de Londres

1
512
Descubra!

Londres é a cidade que possui opções que agradam todos os tipos de gente, pois o que não falta nesta metrópole são opções de lugares para ir e coisas para fazer e se ver.

O que mais me fascina é que este lugar consegue ser ao mesmo tempo conservador e inovador, tradicional e revolucionário e por ser assim tão único, muitos movimentos culturais tomam forma por aqui, dominando bairros inteiros e agregando toda uma estética diferente ao local.

Esse artigo traz um roteiro imperdível para quem deseja conhecer a parte hipster de Londres, para aquelas pessoas que buscam fugir daqueles roteiros mainstream que todas as pessoas fazem, uma vez que a definição de hipster é justamente essa: um estilo extravagante e que foge do convencional tanto na maneira de se vestir, como na de consumir a arte, buscando resgatar as culturas populares locais ao invés de simplesmente fazer tudo aquilo que a maioria faz sem questionar.

Na dúvida se esse estilo te agrada ou não? Confira o nosso roteiro mesmo assim.

Temos certeza que os lugares que separamos aqui valem muito à pena conhecer até por aquelas pessoas que são mais adeptas do estilo tradicional das coisas.

Roteiro da parte "hipster" de Londres  Camdem Town

Para mim essa é uma das partes das incríveis e surreais de Londres! Além das lojinhas e feiras de roupas modernas e vintage, você pode encontrar muitas casinhas coloridas, arte no meio da rua, pode passear em barquinhos e ver muita gente bem diferente.

Consagrado já por ser o bairro mais hipster de Londres, o lugar onde Amy Winehouse cresceu e morreu é habitado por pessoas com muitas tatuagens, moicanos, cabelos coloridos, piercings e um estilo próprio.

O lugar possui uma atmosfera vibrante que precisa ser vivenciada, pois aqui você encontra comidas exóticas e demonstrações de arte a cada passo que você dá.

A estátua da própria Amy também fica lá, é uma peça de tamanho real feita em bronze que mostra a cantora usando um vestido curto e uma rosa no cabelo, estilo este que a consagrou.

Se você é fã da artista, não pode deixar de tirar a sua foto por lá.

Deixe suas convenções sociais e preconceitos de lado e aventure-se por esse bairro.

Ouça um rock alternativo e conheça um dos pubs locais, te garanto que a comida é excelente!

Além do quê, se você é fã de vinho, cerveja, cidra, ou refrigerante, o que não falta por aqui são opções diferenciadas para agradar seu paladar, tem comida e bebida para quem é hipster e para quem não é.

Roteiro da parte "hipster" de Londres - estátua de Amy Winehouse

Shoreditch

O novo bairro queridinho dos hipsters fica na região de East London.

Devido a grande especulação imobiliária, muitos artistas saíram de Camdem Town e vieram para esse bairro, porém a alta especulação já está se mostrando por aqui também, fazendo com que eles comecem a migrar para outros bairros, porém Shoreditch ainda concentra diversos pubs, galerias, mercadinhos e outras opções que trouxemos abaixo para você conhecer.

Além do colorido que se vê por esse bairro dentro de uma cidade onde na maioria dos dias o céu é cinzento, você pode aproveitar um domingo para conhecer o Columbia Road Flower Market para conhecer a feira ao ar livre mais famosa do bairro.

É uma feira enorme que se estende por toda a rua com quase todos os tipos de flores que você pode imaginar e com preços razoáveis, se comparados com outros locais em Londres.

Não deixe de conhecer também o Upmarket, local onde é possível comprar vários objetos de decoração, roupas vintage e ali pertinho é possível escolher comer em um dos muitos restaurantes indianos que oferecem o “melhor curry de Londres”.

Se não quiser fazer uma refeição completa, o que não falta na região são cafés charmosos que servem várias opções de comida e bebida para ser degustadas com tempo, ou enquanto você se aventura por esse bairro.

No verão você também pode participar de uma rooftop party para aproveitar um dia de sol bebendo uma pint e observando as obras de arte lá do alto.

Francamente, poucas coisas na vida são mais hipster do que isso, afinal, você não precisa nem entrar em uma galeria para ver as obras de arte que estão espalhadas pelos muros do bairro, você pode fazer isso aproveitando uma pint enquanto conversa com os amigos em uma festa.

Você pode Gostar:

– Roteiro passo a passo em Londres
– Hotéis em Londres: sugestões com o melhor custo-benefício

Dalston

Esse bairro é um pouco mais acessível que os citados acima, então se deseja comprar alguma coisa para levar para casa, aconselho que guarde dinheiro para gastar aqui, pois se souber negociar você pode levar mais por menos.

Dalston pode ser chamado de “lado B” de Londres, pois muitos de seus bares foram abertos em construções deterioradas, o que levou à criação de um ambiente diferente, mas ainda sim muito interessante.

Essa quebra do convencional agrada os hipsters e fez com que o bairro pudesse crescer bastante e hoje ele oferece muitos pubs e cafés também para quem deseja conhecer a culinária local que também é um pouco exótica.

Hackney Wick

Antes de Londres sediar as Olimpíadas em 2012, muitas áreas da cidade foram revitalizadas por causa do evento.

Uma dessas áreas foi Hackney Wick e o estádio Olímpico fica ali pertinho. Talvez esse seja o local de mais difícil acesso vindo do centro da cidade, mas vale à pena conhecer devido aos eventos especiais que ocorrem por ali.

O Hackey Wicked é um festival portas abertas que acontece no bairro, é bom conferir qual é a programação e se organizar para ir lá sabendo o que vai rolar.

Você também pode caminhar à beira do canal, sentar e aproveitar um dia de sol no parque e depois visitar lugares antes abandonados que se transformaram em armazéns, bares e restaurantes.

Conhece outros bairros com seu lado hipster em Londres?

Se sim, conte-nos aqui nos comentários, pois adoramos saber de lugares diferentes e “fora do roteiro comum” para nos aventurar em Londres.

 

Descubra!

Relacionados

1 COMENTÁRIO

  1. Continue a visitar Londres seguindo o roteiro rumo a sudoeste e passe debaixo do Admiralty Arch. Siga por The Mall (estrada vermelha, como uma passadeira, para a rainha) que vai dar aos portoes do Palacio de Buckingham (a mudanca da guarda e de manha, nao fique a espera).

DEIXE UMA RESPOSTA

Publique seu Comentário
Entre com seu nome aqui