Descubra os preços do transporte em Londres – 2017

ANÚNCIO

Organizar o orçamento da viagem é uma das partes mais importantes do planejamento. Abaixo, organizamos um guia com todos os preços do transporte em Londres, com os valores atualizados para 2017. Neste post, você vai ver quanto vai gastar em ônibus e metrô e também como economizar no dia a dia em seus deslocamentos pela cidade.

Preços do transporte em Londres

Primeiro, é importante entender que você não deve usar as passagens single no metrô e no ônibus. Elas são mais caras do que outras duas alternativas, o Pay As You Go do Oyster Card e o Passe Semanal ou Mensal.

ANÚNCIO

Veja abaixo a tabelinha com os preços essenciais (os quais explicaremos em instantes):

Preços do transporte de Londres

Para a tabela cima, saiba que:

ANÚNCIO
  • Preços = libras
  • Oyster card = cartão magnético (individual) que é carregado com um valor em libras. Esse crédito é utilizado a cada viagem feita. Você pode ir gastando esse crédito conforme o uso (pay as you go) ou adquirir um passe semanal ou mensal e creditá-lo no cartão.
  • Teto diário (daily cap) = O teto diário é o valor máximo que você gastará usando metrô, ônibus, trem, DLR e o que for que esteja dentro das zonas especificadas. Se você depositar 6,60 libras em um Oyster Card, vai poder usar um dia inteiro de transporte, para fazer quantas viagens quiser. Se usar apenas uma viagem de ônibus, por exemplo, ele vai descontar apenas o preço de uma passagem, 1,50 libra.
  • Zonas = o metrô de Londres é dividido em zonas concêntricas que saem do absoluto centro da cidade para regiões periféricas. Os principais pontos turísticos da cidade estão todos nas zonas 1 e 2. É provável que você não utilize nem a zona  3 no dia a dia. Considere, entretanto, que o aeroporto de Heathrow está na zona 6.
  • Travelcards = os passes são de dias consecutivos, ou seja, sete dias em sequência (você pode comprar para usar já no dia da compra ou para começar a contar no dia seguinte).
  • Passe ou Pay as you go = Para quem vai usar bastante ônibus e metrô, a conta é fácil: compre passe de sete dias apenas se você for ficar a partir de seis dias. Para menos dias, carregue o Oyster Card com o valor do teto diário multiplicado pelo número de dias.

Oyster Card é essencial em Londres

Antes de explicar os preços dos meios de transporte, melhor entender o que é o Oyster Card. Trata-se de um cartãozinho magnético que oferece descontos e praticidade no sistema de transporte londrino.

Você pode obtê-lo por 5 libras (reembolsáveis se você quiser devolvê-lo antes de deixar Londres), carregável com dinheiro, cartão de crédito ou cartão de débito. À venda em estações de metrô, bancas de revista e lojinhas com o logo do Transport for London na frente.

Aviso: todo o crédito restante no Oyster Card, inclusive as 5 libras de depósito, é reembolsado ao viajante que devolve o cartão em uma estação antes de deixar Londres.

Passe ou Pay as you go

O Oyster Card permite que você adquira créditos “pay as you go” ou um passe (semanal, mensal ou até anual). Para quem vai ficar menos de quatro dias, é melhor não comprar passe. Para quem vai ficar quatro dias ou mais, já vale a pena economicamente obter o 7 Day Travelcard. Esse passe dá direito ao uso irrestrito do meio de transporte durante aquele período determinado. Há passes apenas para ônibus e passes que englobam o metrô também, cujos valores serão especificados mais abaixo.

Teto máximo de gasto

Uma das vantagens do Oyster Card é que ele estabelece um “cap” diário de gasto, um teto de custo que não será ultrapassado mesmo que você utilize cem vezes o transporte durante o dia. Ou seja, mesmo no pay as you go, sem um passe definido, você não gastará, em um período de 24 horas, mais do que o “cap” usando de forma ilimitada ônibus e metrô. Por isso, não vale a pena comprar o tickets únicos.

O que fazer na prática

Então não precisa pensar muito.

  • Se ficar até 5 dias (inclusive), compre o Oyster Card e carregue-o com 6,60 libras por dia de uso + as 5 libras reembolsáveis. Com esse valor, você poderá andar à vontade de ônibus e metrô nas zonas 1 e 2 (as mais turísticas) sem se preocupar.
  • Se ficar 6 ou 7 dias, compre o Oyster Card e carregue-o com um passe chamado 7 Day Travelcard para ônibus e metrô, zonas 1 e 2 (33 libras)Assim, você poderá passar uma semana inteira andando à vontade de metrô e ônibus nas zonas turísticas por esse valor.

Ou seja:

Veja os gastos que você terá:

7 dias na cidade = Passe de 33 libras.

6 dias na cidade = Passe de 33 libras.

5 dias na cidade = 6,60 libras x 5 = 33 libras.

4 dias na cidade = 6,60 libras x 4 = 26.40 libras.

3 dias na cidade = 6,60 libras x 3 = 19,80 libras.

2 dias na cidade = 6,60 libras x 2 = 13,20 libras.

1 dia na cidade = 6,60 libras x 1 = 6,60 libras.

Para quem viaja com a família

Crianças de até 10 anos não pagam para usar o transporte público e nem precisam de um cartão. Se seu filho tiver entre 11 e 15, peça um Young Visitor Oyster Card em um guichê na estação. Você precisa estar acompanhado da criança na hora.

Preços do metrô de Londres

Metrô de Londres - Mapa de Londres
Metrô de Charing Cross. Foto: Mapa de Londres

O mais ágil meio de transporte de Londres cobra seu preço. Trata-se da maneira mais cara de se mover na capital britânica. Mesmo assim, vale a pena, pois tempo, em se tratando de turismo, também é dinheiro.

Preços do metrô em 2017

  • Passagem unitária: o preço depende da estação de origem e da estação de destino, da direção da viagem, do horário e do dia da semana. Exemplo: uma viagem de ida e volta pode ter um custo para ir e outro para voltar. Neste link, você pode simular o custo de uma jornada entre duas estações.
  • Pay As You Go Diário (Oyster) para zonas 1 a 2 (as mais turísticas): 6,60 libras para 1 dia de viagens ilimitadas de ônibus e pelas zonas 1 e 2 nos trens e no metrô.
  • Pay As You Go Diário (Oyster) para zonas 1 a 3: 7,70 libras para 1 dia de viagens ilimitadas de ônibus e pelas zonas 1 e 2 nos trens e no metrô.
  • Passe semanal (Oyster): 33 libras para 7 dias consecutivos de viagens ilimitadas de ônibus e pelas zonas 1 e 2 nos trens e no metrô.
  • Passe mensal (Oyster) para zonas 1 e 2: 126,80 libras para 30 dias consecutivos de viagens ilimitadas de ônibus e pelas zonas 1 e 2 nos trens e no metrô.

CTA - Transfer do aeroporto para o hotel

Quanto devo colocar no Oyster?

O turista deve considerar primariamente zonas 1 e 2 em seus planos, pois nelas está situada grande parte dos pontos turísticos.

Quer saber quanto colocar no Oyster Card para ir e voltar do Heathrow? Quer saber se vale a pena comprar um passe semanal se vai ficar apenas 3 dias? Veja uma simulação detalhada com todos os valores e opções, para que você possa  programar sua estratégia de transporte para seu roteiro em Londres.

Passes no metrô de Londres

Devo comprar um passe semanal? A resposta é “sim” caso sua estada seja de cinco dias ou mais. Até 4 dias (inclusive), vale mais a pena usar o Oyster Card creditando, por dia, 6,60 libras (o dia inteiro de ônibus e metrô, quantas vezes você quiser). Também há o passe mensal e o anual. O custo do 7 Day Travel Card é de 33 libras.

Site do Transport for London: Todos os preços do metrô

Dinheiro de volta

Lembre-se: se sobrar algum crédito no Oyster Card ao fim da viagem, você pode solicitar o reembolso. Além da grana que restar, você receberá também as 5 libras de depósito de volta. Você pode devolver o cartão em um guichê na última estação de metrô visitada (normalmente, a do Heathrow).

Guia para usar o metrô em Londres

Preços do ônibus em Londres

Foto: Mapa de Londres
Sistema de ônibus é mais barato do que o metrô. Foto: Mapa de Londres

Embora não seja tão rápido quanto o metrô, apresenta diversas vantagens. Entre elas, a economia, o funcionamento 24 horas e a possibilidade de admirar a cidade durante o trajeto, pela janela.

Não há zonas

O ônibus não obedece ao mesmo sistema de zonas do metrô. No ônibus, a passagem vale até o desembarque.

Preços com Oyster Card

Single ticket: 1,50 libra

Teto diário (apenas ônibus): 4,50 libras

7 Day Travelcard (ônibus e tram): 21,20 libras

Passe mensal (bus & tram): 81,50 libras

Veja a tabela de preços do ônibus (2017)

Barcos em Londres

Foto: Mapa de Londres
Passeio de barco é opção bacana para ir a Greenwich. Foto: Mapa de Londres

Já percebeu que o o Rio Tâmisa figura em boa parte das fotos de pontos turísticos de Londres? Isso porque ele tem grande importância na construção da cidade. Ao longo e ao redor do rio, em meio a brigas de romanos, vikings e saxões, surgiu uma das grandes metrópoles do mundo. Por isso, um passeio pelas águas oferece alguns dos melhores ângulos para suas fotos na capital britânica.

A principal empresa a oferecer esse tipo de transporte é a Thames Clipper, que transporta mais de 7 mil passageiros por dia. A empresa apresenta duas opções de passeio: um single ticket de um píer para o outro ou um passe para um dia inteiro de jornadas, com embarque e desembarque em qualquer um dos píers.

Dá para compar online ou antes de embarcar. Comprando na hora, é possível obter desconto de 30% apresentando Oyster Card, travelcard ou student card. Confira a tabela de preços.

CTA Sugestões de hotéis em Londres

Bicicletas

Que tal um passeio de bicicleta no Kensington Gardens?
Que tal um passeio de bicicleta no Kensington Gardens? Foto: Mapa de Londres

Tá certo que o metrô e o ônibus são ícones da capital britânica e merecem a sua utilização, mas a bicicleta é uma forma de transitar com velocidade e visibilidade total da cidade.

Considere, em seu roteiro, portanto, alugar uma bicicleta. Na verdade, você pode até pegar uma de graça. Em parceria com o banco Barclay’s, a prefeitura de Londres disponibiliza centenas de bicicletas por toda a cidade.  O serviço está disponível 24 horas por dia. É completamente self service: você chega até uma das centenas de estações de bicicletas, paga uma taxa de acesso com cartão de crédito em uma maquininha e retira uma bicicleta. Se você a devolve em até 30 minutos, não tem que pagar nada.

Preços

Taxa de cadastro no serviço: 2 libras por 24 horas de uso. A essa taxa fixa, soma-se o tempo de uso da bicicleta, entre a retirada em uma estação e a entrega em outra. Devolvendo em menos de meia hora, não há taxa extra.

Exemplo: depois de pagar essa taxa de acesso, você pode andar o dia inteiro de bicicleta sem pagar nada a mais por isso, desde que devolva a bike sempre em menos de meia hora. Você pode andar 20 minutos até uma dock station, depois 25 minutos até a próxima, parar para tomar um café, etc.

Se você quiser usar a bike por mais de meia hora, você vai pagar 2 libras para cada período extra de 30 minutos. Se usar por 50 minutos, vai pagar a taxa de acesso de 2 libras e mais o extra de 2 libras.

Saiba mais sobre as bicicletas

Leia também

Guia do transporte em Londres

ANÚNCIO