Intercâmbio em Londres: perguntas e respostas para você se planejar

4
80
Compre agora!

O intercâmbio em Londres é um dos assuntos mais procurados no Mapa de Londres. Para responder as dúvidas mais frequentes, conversamos com o Luciano Baldauf, diretor da nossa agência parceira, a Global Active Study (GAS), que realiza esse trabalho há muitos anos, com qualidade, dedicação e centenas de casos de sucesso.

Intercâmbio em Londres: por onde começar

Para planejar o seu intercâmbio em Londres, o primeiro passo é entender exatamente o que você busca: aperfeiçoamento do inglês, domínio do idioma, preparação para testes como Cambridge e Toefl, cursos técnicos em inglês na sua área (inglês jurídico para advogados, por exemplo), cursos de pós-graduação (mestrado, doutorado, MBA), entre outros.

Não importa o tipo de curso que você busca: Londres certamente é uma das melhores cidades para estudar. O ensino é uma das indústrias do Reino Unido, que gera um alto faturamento para a Inglaterra. E a capital britânica reúne algumas das melhores instituições de ensino em uma cidade que oferece uma infinidade de atrações culturais para os estudante, como museus, teatros, concertos, shows e muito, muito mais.

Big Ben - Mapa de Londres
É hora de estudar em Londres. Foto: Mapa de Londres

Intercâmbio em Londres: perguntas e respostas

As perguntas abaixo são algumas das mais recebidas pelo Luciano Baldauf, diretor da nossa agência parceira, a Global Active Study. A seguir, ele responde cada uma delas. Se você ficar com alguma dúvida, entre em contato com o Luciano, que terá o maior prazer em ajudar.

Qual deve ser a principal preocupação de um intercâmbio em Londres? 

Um intercâmbio em Londres é certamente umas das melhores experiências de vida e um ótimo investimento no futuro, pois todo mundo sabe que hoje em dia ter um nível de inglês avançado abre as portas para uma carreira profissional de sucesso, seja no Brasil ou em qualquer outro país.

Portanto, investir em uma escola de alta qualidade de ensino é muito importante para aprender inglês rapidamente e valorizar ainda mais o investimento inicial no curso. E nem sempre estudar inglês em uma escola de alta qualidade de ensino aqui em Londres significa ter que pagar mais caro por isso. Existem muitas promoções especiais que oferecem grandes descontos sobre o preço normal.

Estudar em Londres

Quanto se gasta em um intercâmbio na cidade? 

O cálculo oficial do custo de vida em Londres feito pela Imigração Britânica fala que um estudante precisa uma média de 1.020 libras por mês para viver em Londres, considerando todas as despesas básicas como acomodação, alimentação, transporte, contas da casa e alguns extras, como por exemplo, passeios e visitas.

Como fazer o planejamento desse período de estudos em Londres?

Como estudar é o ponto central de um intercâmbio em Londres, é importante pesquisar bem sobre as escolas credenciadas pela Imigração Britânica, pois existe uma grande quantidade delas e às vezes se torna difícil achar qual a melhor opção para estudar sem uma ajuda especializada.

Outros pontos importantes a serem pesquisados antes da viagem são: quais os melhores locais de acomodação em Londres, como funciona o sistema de transporte na cidade e quais as linhas de metrô e ônibus vão ser mais utilizadas pelo estudante.

Qual deve ser a preocupação com imigração de Londres? 

Normalmente não é necessário ter nenhuma preocupação especial com a Imigração na chegada aqui, pois quem apresenta todos os documentos corretos ao desembarcar não tem problema algum com a Imigração, e a entrada é bastante rápida na grande maioria dos casos.

É importante lembrar que o papel da Imigração é fazer as perguntas normais para cada pessoa que chega, e as perguntas mais usadas são: o que veio fazer aqui, onde vai morar, se tem dinheiro pra se sustentar e também é importante mostrar a passagem de saída da Inglaterra ao final do curso.

Para o intercâmbio, é preciso ter quanto dinheiro em conta? 

Como citado acima, o cálculo básico da Imigação Britânica para um estudante em Londres é de 1.020 libras por mês, portanto é importante trazer uma quantia em espécie para os gastos diários, cartões de débito e crédito e um extrato oficial e atualizado da sua conta bancária no Brasil, comprovando fundos compatíveis com a duração da sua estada na Inglaterra.

É interessante lembrar que este é um cálculo aproximado do custo de vida em Londres e, se o estudante já pagou a acomodação inicial para a escola, pode descontar o valor pago deste cálculo da Imigração.

É preciso um visto para o intercâmbio em Londres? 

Brasileiros não precisam de visto prévio para estudar aqui na Inglaterra por até 6 meses, portanto é super simples – só fechar o curso e embarcar!

Se o curso em Londres for maior do que 6 meses ou se for um curso superior em uma universidade britânica, será então preciso aplicar pro visto de estudante antes da viagem.

Precisa de seguro saúde?

Ainda não é obrigatório ter o seguro saúde para estudar no Reino Unido. Existem rumores de que a Imigração Britânica vai começar a exigir de todos os estudantes e até mesmo visitantes, mas essa possibilidade ainda não se confirmou.

De qualquer forma, é importante fazer esse seguro de viagem como uma garantia para emergências. E por isso vale a pena encontrar uma empresa confiável e analisar detalhadamente a apólice, para ver o que está coberto e não ter surpresas posteriormente.

Além disso, o seguro é obrigatório para os estudantes que querem visitar países do Espaço Schengen (toda a União Europeia com exceção de Reino Unido e Irlanda) em sua estada na europa.

A agência de intercâmbio Global Active Study oferece seguro saúde grátis para quem fechar um curso de até 1 mês. Para quem vem estudar na Inglaterra por mais tempo, existe um desconto especial de 50% sobre o valor normal cobrado no Brasil.

Quanto tempo considerar para o intercâmbio? 

Aprender uma nova língua corretamente leva tempo, mas a grande vantagem de aprender inglês em Londres é que o estudante é obrigado a praticar o tempo todo, seja durante as aulas na escola ou nas atividades sociais e culturais que ele participa com os outros estudantes e professores da escola, gerando o que se costuma chamar de “imersão total” na língua inglesa!

Atualmente, existem duas durações bastante comuns de intercâmbio em Londres:

– 6 meses de curso regular – aproveitando as regras atuais da Imigração, pois não é necessário aplicar para um visto prévio antes da viagem e as escolas tem ótimas promoções para cursos dessa duração.

– 1 ou 2 meses de curso intensivo – para quem trabalha ou estuda e quer aproveitar as férias para dar uma rápida melhorada no nível de inglês.

Quais são as opções básicas de intercâmbio em Londres? 

Quanto maior for o nível de inglês do estudante, mais opções de cursos ele terá.

Para quem está entre o nível Básico e o Intermediário, a melhor opção é o curso de Inglês Geral, com carga horária que varia entre 15 e 30 horas por semana, pois é o curso indicado para quem precisa elevar o nível rapidamente.

Quem já está no nível Intermediário, o chamado aqui de B1 pelos padrões europeus, tem mais possibilidades de cursos, como Inglês para Negócios, cursos de preparação para exames ou oficiais da língua Inglesa ou assuntos específicos, como Inglês focado nas áreas do Direito, Medicina, Aviação e outros.

Para cursos de nível superior de graduação ou pós nas universidades britânicas ou cursos de MBA, é necessário ter um nível Avançado de Inglês, comprovado com um exame oficial, como o IELTS.

Estudar em Londres

Ficou com mais alguma dúvida ou quer uma ajudinha para organizar o seu intercâmbio em Londres?

Fale com a Global Active Study

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Idade:

Cidade/estado:

Duração do curso estimada:

Início:

Que tipo de curso você procura?

Por que fazer intercâmbio em Londres

Estudar fora do país é um privilégio para poucos, mas a experiência pode mudar a vida de quem investe nisso. Londres está entre os destinos mais populares do mundo para alunos de intercâmbio. Milhares de jovens de vários cantos do globo passam anualmente pela capital inglesa.

Se você quer conhecer outro país enquanto estuda ou procura se capacitar para o mercado de trabalho, Londres é o destino ideal no exterior. Você sabe o que precisa e quais são as principais vantagens de se fazer intercâmbio em Londres? É o que vamos descobrir.

Motivos para fazer intercâmbio em Londres

A mescla de culturas e diferentes povos faz de Londres uma metrópole das mais atraentes. É lá o coração da Inglaterra, referência europeia em qualidade de vida. Aprender o inglês ou até mesmo passar um tempo em um país cheio de história e cultura é muito importante para quem deseja ter um diferencial no currículo.

As principais motivações para um intercâmbio são o estudo e a experiência no mercado de trabalho. Na hora de concorrer a uma vaga, o estudante com passagem pelo exterior leva alguma vantagem, por ter conhecido lugares e situações incomuns.

Há também uma modalidade de intercâmbio em Londres que consiste apenas em férias, mas mesmo isso pode ampliar bastante a visão de mundo que se tem durante a juventude. Para não esbarrar em nenhum obstáculo na sua viagem, é preciso se ter algumas coisas em mente: fluência em inglês e conhecimento básico dos principais locais da cidade, tudo para ter uma boa base antes de decidir onde se hospedar ou montar seu roteiro turístico.

Outro ponto importante é noção dos custos, para não passar aperto ou sofrer com imprevistos financeiros. Em geral, agências de turismo e intercâmbio oferecem um planejamento sólido e claro para o período, amparando e auxiliando caso necessário. Mas ainda assim, é aconselhável ter um orçamento que esteja de acordo com a realidade inglesa.

Fique atento aos trajetos e estações de metrô em Londres. Saber para onde está indo e como chegar ao seu destino são dicas essenciais para economizar tempo e dinheiro.

Aprender inglês em Londres

A forma mais popular de intercâmbio em Londres é a de cursos de inglês, dentre todas as faixas etárias. A modalidade é muito comum para jovens que estão se preparando para sair do Ensino Médio, rumo à universidade.

Existem intercâmbios específicos para testes básicos de proficiência, que medem a capacitação do aluno no idioma. Exames como o IELTS são muito requisitados em Londres. Para vistos de permanência em longo prazo, eles são requisito básico, especialmente em caso de oferta de trabalho.

Universidades britânicas também exigem uma boa nota para a ocupação de suas vagas em cursos. É obrigatório que o estudante se mostre capaz de compreender e interagir com outras pessoas em inglês, o que torna o IELTS uma prova muito rigorosa na preparação.

Avalia-se a leitura, a compreensão oral, o vocabulário e a gramática do estudante nesses exames. Contudo, a validade dos resultados é curta e dura apenas dois anos. Depois desse período, o aluno precisa se submeter novamente ao questionário.

Graduação e pós-graduação em Londres

Estudar em Londres, seja qual for o nível, é um desafio enorme para qualquer estudante. Especialmente para os estrangeiros, que precisam demonstrar amplo domínio do idioma e certa dedicação para atender às demandas das instituições. Como são requeridos muitos documentos e prazos inflexíveis, é natural que o aluno encontre dificuldades no processo.

A idade mínima para cursar o ensino superior na Inglaterra, assim como no Reino Unido, é de 18 anos. O calendário letivo apresenta algumas opções, dependendo da universidade, podendo variar entre setembro e julho ou de janeiro até dezembro.

Depois de concluir o ensino superior e conseguir seu diploma, é preciso validá-lo em alguma instituição pública no Brasil, mediante pagamento de taxa e inscrição, além de apresentação do histórico escolar, conteúdo trabalhado e outras documentações.

Também é possível cursar a pós-graduação em Londres. Os cursos de mestrado, diferentemente do sistema vigente no Brasil, duram apenas um ano e não requerem defesa ao fim do trabalho. Entretanto, assim como no caso do ensino superior, é preciso que haja reconhecimento do diploma em solo brasileiro.

Universidades de Londres

As universidades da Inglaterra estão entre as melhores do planeta. E Londres, sua capital, oferece não apenas o ensino de máxima qualidade, mas uma infraestrutura inigualável.

Em 2016, o Ministério da Educação conseguiu um acordo com o Reino Unido para agilizar esse processo, conferindo às instituições brasileiras a possibilidade de identificar equivalências entre os cursos ofertados na Inglaterra e no Brasil, facilitando o trabalho da banca de análise da tese ou dissertação. Existem ótimas opções de universidades em Londres. Que tal conhecer algumas das mais importantes?

A Universidade de Londres, UCL (University College of London, na sigla em inglês), ostenta a sétima colocação no ranking mundial de qualidade da área. Casa de muitos estudantes estrangeiros que fazem intercâmbio em Londres, a UCL acumula mais de 40% de alunos de outros países. O câmpus é localizado no centro da cidade e está muito próximo à Biblioteca Nacional do Reino Unido.

O Imperial College London vem logo atrás do UCL no ranking mundial, em oitavo. Seu foco disciplinar é a tecnologia e a ciência, com muito respaldo no campo da engenharia, medicina e economia. O câmpus fica na vizinhança de South Kensington, cercado por grandes museus nas redondezas.

Especializada em gestão política e social, a London School of Economics and Political Science (LSE) não ocupa uma posição tão alta quanto as universidades supracitadas, mas é pioneira em disciplinas na área de humanidades. Os estrangeiros marcam presença na instituição, que tem cerca de 100 idiomas diferentes em sua estrutura estudantil.

O King’s College London, de prestígio internacional, carrega consigo uma longa tradição em ensino, visando a excelência. Sua especialidade é em pesquisas científicas no campo da saúde. São cinco unidades espalhadas pela cidade.

Compre agora!

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here