Casamento de William e Kate mobiliza o noticiário britânico

Casamento de William e Kate mobiliza o noticiário britânico

2

Nos pubs, nas ruas e no noticiário, a monarquia configura-se como tópico recorrente em Londres. Há quem ache que manter a Realeza seja um desperdício de dinheiro e uma futilidade desnecessária. Outros veem vantagens em se ter uma figura Real e toda sua pompa, que remonta aos primórdios do império britânico e evoca a tradição de um reino cuja história, por si, é suficiente para atrair centenas de milhares de turistas todo mês à cidade. As duas visões, no entanto, convergem em um ponto: o fascínio que a monarquia exerce no olhar do mundo e do próprio Reino Unido.

O casamento do Príncipe William e Kate Middleton é prova disso. A poucos dias do matrimônio, as publicações destacam grande espaço para todo tipo de assunto vagamente relacionado a esse enlace – e com exageros preocupantes.

O Príncipe William está careca!

O Principe Harry organizou festa secreta para William!

Kate celebrou com poucas amigas a despedida de solteiro!

Tudo é motivo para matéria e discussão. Mas o fim do mês está chegando, e o frenesi em torno da realeza deve se aquietar. De qualquer forma, entende-se o motivo de tamanho êxtase: o rapaz que subirá ao altar será, dentro de alguns anos, o Rei da Inglaterra, já que se constitui do segundo na linha de sucessão ao trono, depois de seu pai, o Príncipe Charles. Mesmo que Charles ainda viva 30 anos, o Príncipe, a julgar pela durabilidade da Família Real, estará bem vivo.

Para o turista que deseja acompanhar o casamento, recomenda-se um pouco de cautela ao ler certas manchetes escandalosas, como a possibilidade de Londres ser atacada por terroristas. Venha com calma, tire umas boas fotos e boa sorte, porque a cidade estará em combustão absoluta no dia 29 de abril. A equipe do Mapa de Londres tentará algum registro, mas não promete nada 😉

> Confira algumas das manchetes em matéria na BBC


Mais sobre o casamento:

> Dia 29 de abril será feriado na Inglaterra

> Conheça a Abadia de Westminster

> Onde William trabalha?

Deixe seu comentário

2 comentários