Conheça a história de Camila, Duquesa da Cornualha

ANÚNCIO

Camila, a Duquesa da Cornualha e atual esposa do Príncipe Charles, sempre esteve nos holofotes britânicos.

Com a possibilidade de que seu marido chegue realmente ao trono, então, o burburinho ao redor de seu nome tende a aumentar ainda mais. ?

ANÚNCIO

Apesar da má fama, é preciso reconhecer que Camila sabe lidar muito bem com a imprensa e a Família Real.

Afinal, mesmo sendo lembrada como pivô da separação de Charles e Diana (que era adorada pelo público), ela foi capaz – de forma gradual e diplomática – de se livrar da imagem “manchada” e conquistar a simpatia e admiração da maioria dos britânicos.

E aí, ficou interessado para conhecer melhor o perfil da Duquesa da Cornualha? Então confira, abaixo, nosso resumão de hoje. ?

ANÚNCIO
Duquesa da Cornualha
Camila, Duquesa da Cornualha, ao lado de Kate Middleton, a Duquesa de Cambridge. Foto: iStock, Getty Images

Quem é Camila, Duquesa da Cornualha

Camila Rosemaria Shand, nascida em Londres (17 de julho de 1947), é filha do major Bruce Middleton Hope Shand, ex-oficial do exército, e Rosalind Cubitt, a filha mais velha de Roland Calvert Cubitt, o 3° Barão Ashcombe.

Conhecida pelos íntimos como Mila, a atual duquesa da Cornualha teve uma infância bastante comum.

Quando jovem, Camila estudou na Dumbrells School, no condado de Sussex e na Queen’s Gate School de Londres.

Ela completou sua formação na Suíça, em uma escola destinada especialmente a preparar moças para a vida social. Ao regressar à Inglaterra, trabalhou como secretária em diversas firmas, incluindo a rede de decoração Sibyl Colefax & John Fowler.

A vida de Camila começaria a se transformar radicalmente na década de 70, período em que se casou com Andrew Parker Bowles e conheceu o Príncipe Charles.

A vida pessoal de Camila, Duquesa da Cornualha

Duchess_of_Cornwall_
Camila, Duquesa da Cornualha, no Castelo de Hillsborough. Foto: Kelvin Boyes, CC BY 2.0

Sim: antes de se envolver em um romance com o Príncipe da Inglaterra, Camila já havia se casado. Em 1973, ela virou a esposa de Andrew Parker Bowles, oficial do exército, amigo de Charles e afilhado da Rainha Elizabeth II. Juntos, eles tiveram dois filhos: Tom (1974) e Laura (1978).

O romance entre Camila e Charles, portanto, floresceu nessa mesma época. Com o passar do tempo, a união dos Parker Bowles se tornou bastante instável: ambos cometiam adultério e estavam cientes disso.

Inclusive, a atual esposa de Andrew era uma de suas amantes na época. Ou seja: foi quase um relacionamento aberto.

De qualquer modo, naquele período a possibilidade de um casamento entre Camila e o Príncipe de Gales era muito improvável. Especialmente porque a Família Real desejava ele se casasse com uma jovem virgem e anglicana. Assim, entrou em cena a Princesa Diana. Dizem que a própria Camila foi quem ajudou a escolher a futura esposa de Charles.

Bem, o resto você já sabe: Charles se casou com Lady Di, mas manteve um romance com Camila, que também só foi se divorciar de Andrew em 1995.

Mas o ápice do triângulo amoroso ocorreu em 1992, quando os tabloides britânicos publicaram a transcrição da gravação de uma conversa íntima com conteúdo explícito entre os amantes, um escândalo que ficou conhecido como Camillagate.

É claro que, àquela altura do campeonato, Diana também já tinha sido infiel. O casamento não vinha bem há tempos e, assim, Charles e a Princesa de Gales se divorciaram em 28 de agosto de 1996.

Casamento de Camila e Príncipe Charles

Mesmo anos após a morte de Diana, Charles e Camila continuaram íntimos. Quando ele a convidou para ser sua consorte não-oficial, ficou evidente que o romance ainda existia. Porém, como ambos já  eram divorciados e mantiveram uma relação ainda quando casados, a possibilidade de uma união era vista com maus olhos.

De qualquer forma, em 10 de fevereiro de 2005, a Clarence House anunciou que o Príncipe de Gales e Camila iriam se casar em 8 de abril daquele mesmo ano, numa cerimônia civil. Charles foi o primeiro membro da Família Real a se casar dessa forma, na Inglaterra. A união foi abençoada pela Igreja Anglicana.

Como o título de Princesa de Gales ainda era muito ligado à figura de Diana, Camila foi condecorada como Duquesa da Cornualha.

Os deveres da Duquesa da Cornualha

É fato que a popularidade de Camila não se compara com a de sua nora, Kate Middleton, por exemplo. Mas só o fato dela ter se desvencilhado da imagem de usurpadora já foi um grande feito, ligado a uma série de fatores.

O primeiro deles certamente é seu envolvimento e profissionalismo nos deveres reais.

Ela participa de inúmeras causas solidárias e é presidente de organizações de caridade, trabalhando fortemente para trazer atenção a temas como alfabetização, estupro e abuso sexual. Essa postura a tornou muito mais respeitada no Reino Unido.

Além disso, ao longo dos anos, Camila se provou uma ótima companheira para Charles.

Mesmo sendo o oposto de Diana, a personalidade energética e pragmática da duquesa tornou o Príncipe de Gales um homem muito mais descontraído, risonho e bem-humorado. Assim, ela caiu de vez nas graças da Família Real.

E você, gostou de conhecer um pouco mais da história de Camila, a Duquesa da Cornualha? Deixe um comentário! ☺

ANÚNCIO