Queen Elizabeth Olympic Park

Queen Elizabeth Olympic Park

Sede das Olimpíadas de 2012, o Queen Elizabeth Olympic Park é o primeiro parque olímpico a integrar obras de arte desde sua criação. Artistas locais e internacionais, juntamente com arquitetos e designers, ajudaram a criar um espaço diverso, para ser aproveitado muito além do evento esportivo, como uma atração para o público local e turistas do mundo inteiro.

O chafariz coreografado enfeita uma das vistas do estádio
O chafariz coreografado enfeita uma das vistas do estádio

Todas as obras – algumas enormes, outras difíceis de encontrar – foram criadas especialmente para o parque e tiveram inspirações diversas: memórias, títulos de músicas, elementos da natureza, entre outros.

Texto e fotos: Laura Cappelatti, especial para o Mapa de Londres

Visite o Parque Olímpico

Estação: Stratford (Overground, DLR, Central e Jubilee Lines – zona 3)

Ingresso: grátis

Obras que se encontram no parque:

Parque-olimpico-4
Steles. Artista: Keith Wilson

Ao longo do rio Waterworks, 35 postes coloridos se destacam na paisagem. Artísticos e funcionais, esses monólitos minimalistas foram feitos do mesmo material que as boias navegacionais e homenageiam a tradição de navegação local.

Parque-olimpico-9
Run. Artista: Monica Bonvinci

Feito de vidro e aço inoxidável, o letreiro de 9 metros de altura forma a palavra RUN (correr/corra). Durante o dia é um grande espelho refletindo os arredores; à noite, as letras brilham com iluminação de LED.

Arcelormittal Orbit. Criação do artista Sir Anish Kapoor e da designer Cecil Balmond
Arcelormittal Orbit. Criação do artista Sir Anish Kapoor e da designer Cecil Balmond

Uma torre de 114,5 metros de altura é a maior escultura, não apenas do parque, mas do Reino Unido. Sua construção de aço reciclado na forma de um loop contínuo representa o esforço físico e emocional dos atletas olímpicos de 2012. E sim, é possível subir até o topo (£15 adulto/£7 infantil/£12 estudante).

Parque-olimpico-13
Spiegelei Junior. Artista: Jem Finer

Esta esfera espelhada também é um observatório: se por fora é possível ver o parque em 360 graus, por dentro se vê ele de cabeça para baixo! Basta colocar a cabeça dentro dela (se você for alto o suficiente – não foi o meu caso) e também ouvirá sons amplificados dos arredores do parque (pude ouvir muito bem os passarinhos). A obra explora a paisagem, o cosmos e os sentidos.

Mais atrações

Parque-olimpico-7
Espaços para crianças

O parque também é um excelente lugar para levar as crianças. Com parquinhos permanentes e jogos itinerantes, sem contar com gramados enormes, não falta espaço para os pequenos gastarem toda sua energia.

Parque-olimpico-11
Timber Lodge

E a pausa para o lanche (aqui, tea) é indispensável no Timber Lodge Café. Feito todo de madeira, o ambiente interno é ideal para um descanso ou trabalho, enquanto que na área externa há um parquinho para crianças e cadeiras para pegar um solzinho.

Parque-olimpico-12
Free wifi 🙂

Leia também

Guia de atrações de Londres

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

2 comentários