Quem foi o Rei George VI, pai de Elizabeth II

Quem foi o Rei George VI, pai de Elizabeth II

Para o povo do Reino Unido, o Rei George VI foi um dos monarcas mais queridos e adorados. O pai da atual Rainha, Elizabeth II, ficou marcado na memória dos cidadãos como um homem corajoso e que, apesar de não gostar dos holofotes, cumpriu todos os seus deveres reais com maestria. 👑

A verdade é que George VI nem deveria ter sido rei. Quando seu pai, George V, faleceu, em 1936, a coroa foi destinada ao seu irmão mais velho, Edward (ok, Eduardo). Este, porém, abdicou do trono por conta de um romance com uma americana já divorciada, Wallis Simpson – um verdadeiro escândalo na Família Real.

Coube a George VI, então coroado como terceiro monarca da Casa de Windsor, um desafio duplo: restaurar a fé do povo na monarquia e guiar o país durante a Segunda Guerra Mundial.

Rei George VI
Rei George VI, em pintura de pintura de Sir Gerald Kelly. Foto: Domínio Público

Uma breve história sobre o Rei George VI

Nascido em York Cottage, no palácio Sandringham House (1895), o Rei George VI veio ao mundo durante o reinado de sua bisavó, a Rainha Vitória.

Juventude e formação

Batizado inicialmente como Alberto Frederico Artur Jorge, ele foi uma criança com vários problemas de saúde: era descrito como “facilmente ‘assustável’ e propenso às lágrimas”, além de ter gagueira e problemas estomacais crônicos. Quando seu avô foi coroado Rei Edward VII, em 1901, ele passou a ser o terceiro na linha sucessória.

George VI teve uma formação militar: em 1909, ingressou como cadete na Royal Naval College de Osborne. Em 1911, apesar de suas notas abaixo da média de sua turma, foi promovido para o Britannia Royal Naval College, em Dartmouth. Durante a Primeira Guerra Mundial, serviu à marinha e à força aérea britânica.

Avançando um pouco no tempo, em outubro de 1919, George foi para o Trinity College, em Cambridge, onde estudou História, Economia e Educação Cívica durante um ano. A partir daí, começou a assumir mais tarefas reais, participando de compromissos públicos em nome de seu pai, o Rei George V.

Mas não pense que representar a Família Real Britânica em eventos públicos era uma tarefa alegre para ele. Extremamente tímido e constrangido por sua gagueira, Alberto – como ainda era chamado – sempre esteve à sombra do irmão Edward. Jamais imaginava que este, em 1936, abdicaria da Coroa.

Coroação e II Guerra

Foi com relutância que George VI se viu na obrigação de assumir o trono, em 1937 – na época já casado com Lady Isabel Bowes-Lyon -, com quem teve duas filhas: Margaret e Elizabeth. Mas seu reinado não seria nada tranquilo: afinal, em 1939, a Grã-Bretanha declarou guerra à Alemanha nazista.

É interessante destacar que, durante todo o confronto, George VI e sua esposa permaneceram em Londres, no Palácio de Buckingham, apesar dos bombardeios. No decorrer da guerra, o casal viajou por toda a Grã-Bretanha, visitando locais destruídos pelas bombas e fábricas de munição.

George VI desenvolveu uma relação muito próxima com Winston Churchill, o lendário primeiro-ministro da época, que ajudou os Aliados a derrotarem o exército de Hitler. Para o Rei, porém, os anos de conflito tiveram um reflexo péssimo na saúde. O estresse aliado ao tabagismo fizeram com que desenvolvesse câncer de pulmão e outras doenças.

Morte

Na manhã do dia 6 de fevereiro de 1952, o Rei George VI foi encontrado morto em sua cama. Ele faleceu precocemente, aos 56 anos de idade, vítima de uma trombose coronariana durante o sono.

A partir daí, quem assumiu a Coroa foi Elizabeth II – que hoje, aos 95 anos, permanece no trono. A trajetória da monarca é contada na série The Crown, disponível no Netflix.  👸

George VI e o Discurso do Rei

A história de George VI virou filme. Se você quer absorver melhor os detalhes de seu reinado durante a II Guerra, o filme o Discurso do Rei (vencedor do Oscar de Melhor Filme, em 2010) é absolutamente imperdível.

O longa retrata os desafios políticos enfrentados pelo monarca ao conduzir o país durante o confronto mundial, além da dificuldade pessoal em lidar com a gagueira. Na trama, Colin Firth interpreta o rei, Helena Bonham Carter assume o papel de Rainha Mãe, Geoffrey Rush é o fonoaudiólogo que acompanha George e Timothy Spall vive Churchill.

O filme está disponível na Netflix!

E aí, gostou de desvendar um pouco mais sobre a história do Rei George VI? Faltou algum detalhe no nosso “resumão”? Comente! 😉

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

2 comentários