Gorjeta em Londres

Gorjeta em Londres

Foto: Divulgação, Visit London

Dar gorjeta não é fácil, pois a prática varia conforme o país e a cidade. Por envolver dinheiro, a hora do tipping pode ser constrangedora caso não se conheça o padrão do lugar que se está visitando. Em Londres, a cultura da gorjeta não é tão forte quanto nos Estados Unidos, onde o garçom pode sair correndo atrás de quem não deu uma boa “tip”. Mesmo assim, na maioria dos estabelecimentos, paga-se um acréscimo de 10% a 15% na conta.

Veja como funciona a gorjeta em Londres:

Restaurantes

É habitual deixar entre 10% e 15% ao comer em restaurantes. Mas tome cuidado, pois muitos estabelecimentos adicionam um valor sugerido de service charge na conta. Em alguns lugares, você encontrará um aviso no menu especificando que a gorjeta é “optional” ou “suggested”. Nesse caso, ela não foi incluída na conta, e cabe a você acrescentar o montante no pagamento (em dinheiro ou cartão).

Atenção: Não se dá gorjeta em restaurantes fast food e em pedidos take away (para levar).

Bares e pubs

Normalmente, não se deixa gorjeta em pubs. Caso tenha apreciado o atendimento, você pode oferecer uma bebida para o bartender. Para isso, chegue até o balcão, peça uma cerveja para si e diga: “and one for yourself”. O bartender, então, pode pegar a cerveja dele na hora, deixar para depois ou embolsar o valor referente. Em bares, é comum que haja uma bandeja ou uma jarra específica para receber gorjetas. Preste atenção nos outros clientes ou pergunte diretamente para o garçom (não é feio).

> 5 dicas de pubs

Hotéis

Assim como restaurantes, os hotéis de Londres costumam incluir uma service charge, entre 10 e 12%. Se a gorjeta não estiver incluída na conta, dê entre 10% e 15%. Você também pode dar gorjeta para porteiros e carregadores, mas ela não é obrigatória. Uma ou duas moedas de 1 libra resolvem.

> Como encontrar hospedagem em Londres

Táxis

O mais educado é dar entre 10% e 15% do valor. Dependendo do preço final, também é possível dizer “keep the change” e deixar que o taxista fique com o troco, para poupar tempo.

* Com informações do Visit London.

> Veja como pedir o reembolso de impostos

Deixe seu comentário

4 comentários

  1. Olá! Eu, minha mulher e minha irmã vamos ficaremos em Paris por 6 dias no final de outubro e pretendemos fazer um “bate e volta” em Londres no dia 29/OUT através do Eurostar. O que vcs acham? É uma boa opção? Que dicas podem nos dar para aproveitarmos bem estas quase 10 horas que ficaremos em Londres? Obrigado. Abs. Willian

  2. Dicas:minha filha quer estudar Inglês em janeiro e fevereiro de 2014,séra férias na faculdade,qual o melhor lugar?cidades próximas a Londres?boa noite e desde já meus agradecimentos

    • Oi, Sonia. Tudo bem? Há alguns anos, estudei em uma escola, a Oxford House College, e não posso elogiá-la o suficiente. Tem uma ótima estrutura, se localiza bem pertinho da Oxford Street, apresenta grande preocupação em separar brasileiros em turmas diferentes e oferece um ambiente multicultural, diversos passeios fora do horário de aula e professores muito qualificados. O site é http://www.oxfordhousecollege.co.uk/