Descubra quem é a atual correspondente da Globo em Londres

Descubra quem é a atual correspondente da Globo em Londres

0

A atual correspondente da Globo em Londres é a jornalista brasileira Cecília Malan. Ela é carioca, nasceu em 1983 e ocupa a função desde 1995,  quando substituiu Renato Machado, em uma troca de vários correspondentes do grupo naquele ano.

Ficou curioso para saber mais sobre a correspondente da Globo em Londres e o que representa esse cargo para o jornalismo?

Bom, primeiro é interessante lembrar que um dos sonhos de muitos jornalistas é se tornar correspondente internacional.

E dentro desse universo de reportagens no exterior, Londres é uma das capitais mais cobiçadas para o trabalho. Como grande centro político e financeiro, sede de grandes grupos de mídia, a cidade é casa de milhares de jornalistas estrangeiros, entre eles vários brasileiros.

A Rede Globo mantém um correspondente permanente na capital inglesa. A seguir, vamos conhecer um pouco do perfil de Cecília Malan e quem foram os outros jornalistas brasileiros que tiveram o privilégio de ocuparem essa posição em Londres.

Cecília Malan
Cecília Malan aparece em crônicas e reportagens sobre Londres no Jornal Hoje. Reprodução, TV Globo

Quem é a correspondente da Globo em Londres

A atual correspondente da Rede Globo na capital inglesa é a jornalista Maria Cecília Malan. Ela ocupa essa função em Londres desde 2015, quando Renato Machado e Roberto Kovalick foram enviados de volta ao Brasil. Na época, a Globo fez trocas de diversos de seus jornalistas em posições no exterior.

Carioca nascida em 1983, tem perfil voltado para as áreas de cultura e mundo. A jornalista começou a carreira com um estágio na redação do noticioso Bom Dia Brasil, em 2005. Depois, tornou-se trainee da Rede Globo e, em 2007, entrou de vez na editoria de notícias internacionais. Quatro anos mais tarde, foi enviada para o QG da Globo em Londres, onde passou a dividir reportagens em diversos programas com os repórteres Ana Carolina Abar e Marcos Losekann.

Trajetória e atuação profissional

A jornalista é famosa no meio dos jornais e empresas de comunicação por ser filha do ex-Ministro da fazenda Pedro Malan, homem forte da economia dos governos FHC. É formada em jornalismo pela PUC do Rio de Janeiro.

Acompanhando a carreira de economista de renome do Pai e também como jornalista, Cecília morou em cidades como Nova Iorque, Washington, Brasília e Paris até 2002.

A primeira atuação profissional foi estagiando na redação do Bom Dia Brasil, entrando para a editoria internacional como trainee pouco tempo depois. Já acumulou seis anos de experiência cobrindo os acontecimentos na capital inglesa, fazendo entrevistas e gerando conteúdos relacionados à cultura, política e acontecimentos em geral do Reino Unido e Europa, em especial Londres.

Algumas das coberturas mais importantes feitas por cecília no plano internacional foram:

  • A morte do papa João Paulo II
  • Cobertura do furacão Katrina
  • A libertação de Ingrid Betancourt, refém histórica das FARC, na Colômbia
  • A eleição e posse do ex-presidente americano Barack Obama
  • A crise do subprime de 2008
  • A morte de Michael Jackson
  • Atentados terroristas na França em 2015.

Cecília Malan também conduziu entrevistas com personalidades muito conhecidas durante sua carreira. Dentre elas, podemos destacar:

  • O meio-campista inglês e galã David Beckham
  • O ator Brad Pitt
  • Os músicos do One Direction, grupo britânico musical de sucesso
  • A cantora inglesa Adele
  • O renomado chef Jamie Oliver
  • O ex-premiê britânico David Cameron.

A maioria das personalidades entrevistas são pessoas de destaque do Reino Unido, em especial o ex-premiê David Cameron, que no ano passado renunciou após a controversa votação pelo Brexit.

Polêmica nos atentados terroristas de Paris em 2015

O evento mais controverso da jornalista foi a cobertura dos atentados de Paris em 2015. Durante uma das reportagens em que fazia ao vivo, sons de tiros de fuzil foram ouvidos e Cecília tomou um ligeiro susto ao vivo. A reação foi compartilhada em redes sociais e acabou tomando uma proporção maior, sendo um dos assuntos mais comentados do twitter e das principais redes sociais.

Cecília segue firme como nome forte do jornalismo da Globo em Londres. Seu rosto com certeza já deve ter figurado em sua televisão quando você assistiu a alguma reportagem internacional, principalmente se foi assunto relacionado aos britânicos.

Gostou de conhecer um pouquinho mais sobre Cecília Malan? Veja algumas das crônicas e reportagens da jornalista em Londres:

Quem já foi correspondente da Globo em Londres

Antes de Cecília se tornar a correspondente da Globo em Londres, os jornalistas Renato Machado e Roberto Kavalick eram os responsáveis pelo jornalismo da emissora no Reino Unido. Marcos Losekann era o principal nome do jornalismo da Globo em Londres antes deles.

Vamos conhecer um pouquinho sobre eles:

Renato Machado

Renato Machado trabalhou como correspondente por quatro anos na capital inglesa e de volta ao Brasil em 2015 passou a ser repórter exclusivo do programa Globo Repórter.

Machado é um nome famoso no jornalismo brasileiro. Começou sua carreira na década de 70 e passou por redes consagradas como a britânica BBC, uma das mais respeitadas do mundo. Comandou o Bom dia Brasil, da Globo, por mais de dez anos e eventualmente substitui o âncora do Jornal Nacional, William Bonner.

Roberto Kovalick

Roberto Kovalick, que já havia passado também por Nova York e Tóquio, voltou junto com Renato em 2015 para atuar como repórter especial na cidade de São Paulo. Sua carreira começou na década de 80 e passou por rádios, revistas e diferentes jornais. Tem grande reputação e é um dos mais conhecidos e respeitados jornalistas brasileiros.

Pedro Vedova

Contemporâneo de Cecília Malan, começou a trabalhar na Globo mais ou menos na mesma época. Antes de ir para Londres, trabalhou no portal GloboEsporte.com, no jornal O Dia e na Globonews, pela qual foi correspondente em Londres.

Entre suas coberturas de maior destaque estão os grandes protestos no Brasil em 2013, a Jornada Mundial da Juventude e o Rio+20. Frequentemente seu nome é visto nas coberturas de eventos internacionais na Europa. O plebiscito da Escócia, que decidiu a permanência do país no Reino Unido também foi uma cobertura sua.

Marcos Losekann

Marcos Losekann já foi entrevistado aqui no Mapa de Londres, em matéria sobre seus principais interesses na capital britânica, que traz um breve perfil do jornalista. O trabalho de Losekann em Londres começou no ano 2000. Exerceu o cargo de correspondente até 2004, ano no qual foi transferido para a desafiadora Jerusalém a fim de cobrir os embates e problemas entre palestinos e israelenses. Foi o primeiro correspondente brasileiro para o Oriente Médio.

Além de jornalista é também escritor e já lançou vários livros como: O Ronco da Pororoca, Histórias de um Repórter na Amazônia e O Dossiê Iscariotes.

Esses foram alguns dos correspondentes brasileiros da Globo em Londres. Baseados na capital inglesa, cobriram vários dos principais eventos internacionais na Europa, em especial no Reino Unido.

Gostou de conhecer mais sobre os jornalistas brasileiros e correspondentes da Globo em Londres? Deixe um comentário.

Leia também: Conheça os jornais da Inglaterra e de Londres

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

Sem comentários