Coronavírus na Inglaterra

ANÚNCIO

Até o dia 12 de março de 2020 já foram confirmados 590 casos de COVID-19 e 10 mortes no Reino Unido como um todo, sendo que a estimativa é que Londres pode ter entre 5 mil e 10 mil pessoas infectadas pelo vírus.

Comparado aos outros países da Europa, o Reino Unido é o décimo colocado em número absoluto de casos de coronavírus. Até agora são cerca de 22 mil casos registrados no continente até o momento e somente 2% deles estão no Reino Unido.

ANÚNCIO

A Itália é o país que está sendo fortemente mais atingido, com quase 50% dos casos de toda a Europa.

Considerando o número de habitantes no país, podemos dizer que a situação do Coronavírus na Inglaterra não tem sido tão alarmante quanto a de seus países vizinhos.

Coronavírus na Inglaterra
Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

O que é o Coronavírus?

O Coronavírus (COVID-19) é um novo tipo de vírus que surgiu na província de Wuhan, na China. Os sintomas mais comuns são tosse seca, febre e cansaço. Algumas pessoas também podem sentir congestão nasal, dores no corpo, diarreia, dor de garganta e até mesmo dificuldade para respirar.

ANÚNCIO

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), algumas pessoas podem desenvolver a doença sem apresentar nenhum sintoma.

Pessoas mais velhas e com condições de saúde como diabetes, pressão alta e outras doenças cardiovasculares correm mais riscos de desenvolverem um quadro grave da doença. Enquanto adolescentes e crianças ainda não apresentaram nenhum risco de infecção sintomática.

Como o Coronavírus na Inglaterra vai afetar a minha viagem?

Até agora não há limitações gerais para viagens saindo ou indo para o Reino Unido. Os Estados Unidos cancelaram voos saindo da Europa e outros países fecharam as suas fronteiras, mas o Reino Unido preferiu adotar uma postura mais branda.

No site do NHS, o sistema de saúde público da Inglaterra (como se fosse o nosso SUS), eles adicionaram uma nova sessão apenas para orientar as pessoas a saberem como lidar com o coronavírus, incluindo informações para aquelas pessoas que vão viajar.

As autoridades de saúde do país aconselham que viajantes que chegaram nos últimos 14 dias de países provenientes com alta taxa de infecção, que permaneçam em casa e evitem contato com outras pessoas, mesmo que não apresentem nenhum sintoma.

Nas áreas específicas do país onde as autoridades consideram que alguém tenha contraído o Coronavírus na Inglaterra, já estão sendo tomadas medidas de isolamento.

Coronavírus na Inglaterra
Imagem de t_watanabe por Pixabay

Qual é o real risco de eu pegar coronavírus na Inglaterra?

Após a OMS ter declarado emergência de saúde pública mundial, o governo britânico elevou o risco de transmissão de baixo para moderado.

A boa notícia é que o Reino Unido foi um dos primeiros países a ter um laboratório específico para testar o COVID-19 e o NHS está totalmente preparado para diagnosticar novos casos do coronavírus na Inglaterra. Justamente por isso, o governo e os profissionais da saúde estão tomando todas as medidas necessárias para proteger a população e evitar que a doença seja transmitida para mais pessoas.

O NHS também pede que se a pessoa acredita que ela foi infectada pelo vírus, para que ela use o sistema deles online, ou ligue para o número 111 para que eles possam dar assistência a ela pelo telefone. Assim eles podem garantir que a transmissão do vírus seja controlada, uma vez que na Inglaterra ainda é inverno e essa é a época que o sistema de saúde deles é sempre mais requisitado.

O que fazer para evitar ser contaminado pelo Coronavírus na Inglaterra durante a minha viagem?

Caso você tenha uma viagem marcada que não possa ser cancelada ou reagendada, é importante seguir algumas medidas para evitar a contaminação durante a sua estada no país.

  • Lave suas mãos por pelo menos 20 segundos com sabão. Caso não tenha acesso à água, utilize álcool em gel;
  • Evite espaços aglomerados e compartilhar objetos;
  • Evite apertos de mão;
  • Se for tossir ou espirrar, cubra a sua boca e seu nariz com um lenço de papel (não apenas as suas mãos) e jogue o lenço fora;
  • Limpe e desinfecte os objetos que você toca regularmente para diminuir o risco de espalhar germes;
  • Não encoste em seus olhos, boca ou nariz se suas mãos não estiverem higienizadas;

Para mais informações de como evitar a contaminação, assista também esse vídeo compartilhado pelo NHS abaixo:

Como as autoridades do país estão lidando com o coronavírus na Inglaterra?

O governo publicou um plano de ação de quatro fases para conter que o coronavírus se espalhe na Inglaterra.

  1. Fase de Contenção: Essa é a fase atual. Os sistemas de saúde de cada país do Reino Unido, Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, já estabeleceram planos e processos para identificar e conter novos casos do coronavírus em seus territórios.
  2. Fase de Adiamento: Seguindo a primeira fase, caso uma epidemia dentro do país se torne inevitável, o governo pode determinar o cancelamento de grandes aglomerações como shows e jogos de futebol, declarar fechamento de escolas e demandar que empresas peçam para que seus funcionários trabalhem de casa. Mesmo ainda estando oficialmente na fase 1 do plano de ação, algumas empresas já estão encorajando que seus funcionários fiquem em casa para evitar contato com outras pessoas.
  3. Fase de Pesquisa: As agências públicas de saúde do Reino Unido já estão trabalhando em parceira com a OMS e com os governos de outros países para encontrar meios mais rápidos de diagnóstico da doença e vacinas para evitá-la. Eles ainda pedem que os cidadãos participem dessa iniciativa garantindo que todas as suas vacinas estão em dia, compartilhando as inovações que eles estão trazendo com relação a esse assunto e evitando que a falta de informação e as fake news tomem conta das discussões.
  4. Fase de Amenização: Caso a doença ainda se espalhe, será investido em mais publicidade para que todos saibam como evitar o contágio e se recuperar, caso contraiam o coronavírus. Os planos continuarão a ser atualizados e adaptados frente às novas descobertas e necessidades, além de contar com a colaboração de outras frentes como a da polícia e dos bombeiros. Caso empresas apresentem perdas de curto-prazo devido à falta demanda de bens e serviços devido a pandemia, já existe um plano de contenção que analisa caso por caso como o governo pode auxiliar essas empresas a não falirem.

 

O Reino Unido parece ter um plano bem amarrado para evitar que o Coronavírus na Inglaterra se torne algo tão alarmante como se tornou na Itália, mas só o tempo dirá o que realmente acontecerá por lá e por aqui.

O que você acredita que vai acontecer nas próximas semanas? Conta para a gente aqui nos comentários.

ANÚNCIO