Clima na Europa: como preparar a mala e o roteiro da viagem

Clima na Europa: como preparar a mala e o roteiro da viagem

0

Quer saber como se preparar para o clima da Europa? Então você chegou ao lugar certo. Neste artigo, vamos descobrir quais são as temperaturas do Velho Continente, que tipo de roupa você deve priorizar na mala e quais períodos você deve privilegiar para definir a data de viagem.

Se você nunca viajou para Londres e para a Europa, é importante lembrar do fator climático antes de embarcar.

Quem está acostumado com as temperaturas mais tropicais do Brasil pode nem ter um casaco grande e reforçado que aguente o clima da Europa.

Por isso, vamos descobrir agora quão frio (ou calor) faz na Europa e como se preparar melhor para enfrentar o clima.

Como é o clima na Europa

A Europa possui 7 grandes tipos de climas regionais. Alguns são mais quentes, como o mediterrâneo, e outros mais frios, como o subpolar ou subártico. O seu país de destino influencia muito em qual será o clima que você vai lidar.

De forma geral, podemos dar boas dicas independente de qual seja o seu destino. As quatro estações são muito bem definidas na Europa. Cada uma possui temperaturas muito típicas e efeitos muito evidentes na natureza. Consequentemente, as atividades e passeios recomendados em cada estação também são diferentes. Vamos dar as dicas para cada estação em separado.

Inverno na Europa

London rain
Inverno de Londres costuma ser bastante cinza. Foto: iStock, Getty Images

Com certeza a estação que mais exige cuidados é o inverno. A Europa possui temperaturas negativas no inverno em praticamente todos os países, inclusive nas regiões mediterrâneas, como Itália, Espanha, Grécia e outros.

Nos países escandinavos e do báltico, o inverno é extremamente rigoroso e influencia totalmente nas atividades disponíveis para fazer.

Nos destinos mais populares, como Inglaterra, França, Portugal, Itália, Alemanha e Espanha, não há motivo para pânico. Apesar do frio, você pode sobreviver ao clima com blusão e casaco grosso.

Os meses de estação fria vão de dezembro a fevereiro. Em geral, o clima fica mais cinzento, as temperaturas caem muito e a viagem tende a ser mais baseada em passeios para lugares fechados.

Mas calma: tem gente que se desespera sobremaneira com a antecipação do frio e acha que não há roupas no Brasil reforçadas o suficiente para atravessarem incólumes o inverno europeu. E isso não é verdade.

As dicas são principalmente quatro:

  • Viajar no inverno é ótimo para conhecer a neve e para praticar esportes de inverno, como esqui e snowboard. Para a maioria dos brasileiros tudo isso é novidade e pode ser um grande atrativo para viajar nessa época
  • Caso você não pense em praticar esportes na neve, uma viagem mais gastronômica e cultural, com mais visitas a museus e lugares fechados é recomendada
  • Não economize nos casacos e apetrechos para o frio. Um inverno de temperaturas negativas exige roupas adequadas. Leve casacão, luvas, touca, blusão e camisa térmica (esta faz muita diferença)
  • Hidratantes de pele e lábios também são bem-vindos. O tempo frio muitas vezes provoca reações na pele e lábios e é bom se prevenir para não ter desconfortos.

De toda forma, o inverno também tem muitas opções para o turista brasileiro e é uma boa época para viajar, considerando preços mais baixos e menos turistas.

Só não se esqueça que o frio não se restringe ao inverno. Você encontrará temperaturas baixas nos principais destinos turísticos da Europa (como Londres, Paris e Berlim) de outubro a março.

O verão na Europa

Hyde Park no verão
Hyde Park, de Londres, no verão. Foto: Mapa de Londres

Muitas pessoas apontam o verão como a melhor época para viajar para Europa. O argumento é exatamente o clima quente e a maior possibilidade de bater perna sem medo de tempo feio e sem usar casacos e botas pesadas.

O verão realmente é a estação mais quente e mais propícia para turistar o dia inteiro pelas belas cidades europeias. Os meses coincidem com o inverno brasileiro.

O verão na Europa vai de 1 de junho a 1 de agosto. Além de poder bater perna o dia todo sem medo, é a temporada em que os próprios europeus saem e viajam mais para aproveitar o clima ameno. Uma ótima chance para fazer amigos locais ou praticar a sua fluência em algum dos idiomas europeus.

Não se engane, apesar de estar no hemisfério norte o protetor solar ainda é necessário, principalmente se a viagem for para um país mediterrâneo como Itália ou Espanha. Em contraste com o inverno, no verão os passeios são ao ar livre e é recomendado fazer turismo natural e ecológico, como montanhas e parques. Zoológicos, feiras populares, festivais de música e festas locais também são passeios típicos do verão.

Leia também: quando viajar para Londres e para a Inglaterra?

Outono na Europa

Green Park no outono
Green Park, de Londres, no outono. Foto: Mapa de Londres

O Outono possui ótimas razões para não ser deixado de lado no seu planejamento de viagem. Para começar, é o início da estação baixa de turismo. Isso significa que os preços de hotéis, passagens e outros custos de viagem já estão bem mais em conta do que na alta temporada.

Outro bom motivo é que nos meses de outono, que vão de setembro ao final de novembro, as atrações turísticas costumam estar menos lotadas. É uma ótima época para fugir de filas enormes e das multidões de turistas que inundam algumas cidades.

É uma estação diferenciada em relação ao próprio clima também. As temperaturas não chegam a ser congelantes como no inverno. Não dá para ir esquiar por exemplo.

Ainda assim, as médias são mais baixas e é necessário andar agasalhado. Por ser dessa forma, os passeios ao ar livre não precisam ser deixados de lado e ao mesmo tempo é uma ótima chance para tirar aqueles velhos casacos do armário.

Por fim, não são poucos os que acreditam ser o outono a estação mais bonita da Europa. É época em que as folhas das árvores adquirem uma tonalidade dourada, podendo variar para vermelho e outros matizes. As folhas começam a cair e atmosfera tem possui uma aparência muito característica, meio melancólica e romântica ao mesmo tempo.

Primavera na Europa

Regent's Park
Regent’s Park, de Londres, na primavera. Foto: Mapa de Londres

A primavera é uma estação à parte. Também uma temporada fora de época por estar fora das férias escolares e dos meses de verão. A estação possui clima intermediário, mais ameno do que o frio e calor acentuados de inverno e verão.

Por não ser alta temporada, também não há muita gente turistando pelas cidades e os preços estão bem mais palatáveis.

As temperaturas podem variar bastante depende de cada país. Nos mais quentes, como Itália e Espanha, podem variar entre os 15° e os 25°, nos mais frios as médias são mais baixas, entre 10° e 15°.

Trata-se de uma excelente estação para visitar países frios e populares, como Inglaterra, França e Alemanha, já que, nesse período, as temperaturas se elevam, o sol dá as caras até mais tarde e as horas de viajantes ainda não tomaram as ruas.

Por conta dessa variação, é recomendável levar roupas leves, mas também um bom casaco para caso surja algum frio inesperado. Os passeios que podem ser feitos são os mais diversos, desde parques até os museus e monumentos históricos.

Por ser a estação das flores, um país especialmente legal de visitar nessa época é a Bélgica. O país é uma região produtora de flores e possui grandes campos que ficam coloridos na Primavera. As cidades também adquirem um colorido especial e ficam todas enfeitadas durante a primavera.

Qual estação é a sua preferida? Você quer conhecer a neve e tem curiosidade de sentir o frio rigoroso do inverno? Ou prefere a paisagem colorida e o clima ameno da Primavera?

As quatro estações possuem ótimas atrações, vantagens e desvantagens. Tenha em mente principalmente o tipo de passeio que você quer fazer e a saúde das suas reservas financeiras. Independente da época do ano, sua viagem tem tudo para ser inesquecível.

Gostou das dicas sobre o clima na Europa? Conte qual foi sua experiência.

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

Sem comentários