Abolição do visto de pós-estudo no Reino Unido

2
42
Compre agora!

Por Livia Suassuna

O Reino Unido deve perder estudantes internacionais para a Austrália. Após a abolição do visto dado a alunos estrangeiros depois da conclusão dos estudos, o Tier 1 – Pos Study Work , os números de novas aplicações nas universidades britânicas estão caindo. A medida, que visa a reduzir os direitos dos alunos de outros países que desejam trabalhar no Reino Unido, passa a valer a partir de abril de 2012. A muitos quilômetros de distância, a Austrália, em um movimento contrário, pretende oferecer esse tipo de visto a partir de 2013.

Uma pesquisa realizada pelo Conselho Internacional do Reino Unido para Assuntos Estudantis (UKCISA), em outubro de 2011, com mais de 5 mil estudantes internacionais, mostra que o encerramento do regime de trabalho pós-estudo, em abril de 2012 teve um impacto significativo no número de matrículas de estudantes internacionais no Reino Unido. O regime concedia o direito a trabalho para diplomados do ensino superior internacional.

Enquanto isso, o governo australiano anunciou que vai introduzir um esquema de trabalho pós-estudo a partir de 2013. Esses dois movimentos opostos podem frear substancialmente a migração de estudantes de outros países para o Reino Unido.

“Com o anúncio da Austrália de seu novo esquema de trabalho pós-estudo, é bem possível que um número significativo de estudantes serão atraídos para lá”, declarou o professor Paul Webley, que preside o conselho de curadores UKCISA.

Alterações às regras de trabalho enquanto o estudante está se formando, incluindo a eliminação de direitos de trabalho para estudantes universitários privados e diminuição dos direitos de trabalho para os outros alunos pela metade, também colaboram para a redução na migração de alunos para o Reino Unido. As mudanças se aplicam a pessoas que solicitam vistos de estudante a partir de julho de 2011, incluindo os estudantes que desejam renovar seus vistos para permanecer no Reino Unido.

“O recrutamento de estudantes para muitas dessas instituições foi, e está sendo,  dizimado, já que os alunos concluem que, sem trabalho de tempo parcial, o custo de estudar no Reino Unido não é mais acessível. Até o momento, cerca de 30 faculdades no Reino Unido foram fechadas, e atualmente existem até 5 mil alunos que, se não encontrarem lugares em outras faculdades, terão que voltar para casa. Teme-se que este padrão possa continuar”, comenta Webley.

O relatório mostra que, nos últimos 30 meses, houve 11 mudanças nas regras de imigração do Reino Unido que afetam os estudantes estrangeiros. Algumas delas tiveram impactos positivos sobre a velocidade e eficiência do processo de pedido de visto no Reino Unido, em comparação com os resultados de 2009 da mesma pesquisa. Segundo os dados coletados, “cerca de 60% dos estudantes acreditam que o Reino Unido acolhe bem os alunos estrangeiros altamente qualificados”.

Se você está interessado em vistos para o Reino Unido ou quer saber qual é o impacto dessa mudança no seu visto atual, entre em contato com um escritório especializado em imigração.

Este texto foi redigido por Livia Suassuna, diretora do escritório MartinsCosta Immigration. A empresa tem quatro anos de experiência no auxílio a brasileiros que desejam equacionar questões imigratórias. Para entrar em contato, envie um e-mail para [email protected] ou acesse o site www.martinscosta.com.

Compre agora!

2 COMENTÁRIOS

  1. olá, gustavo!
    vou estar em londres, estudanto e acompanhando os jogos olímpicos, de junho a 13 de agosto. vc acha que preciso solicitar o visto de estudante ou apenas informações e carta da escola, cartões de crédito e ingressos resolvem o problema na imigração?!
    abraços, polly!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here