Charles Darwin, o pai da Teoria da Evolução

Charles Darwin, o pai da Teoria da Evolução

0

Charles Robert Darwin nasceu em Shrewsbury, na Inglaterra, em 12 de fevereiro de 1809. Considerado o pai da teoria da evolução, estudou Teologia em Cambridge. Antes disso, Darwin ingressou na Universidade de Edimburgo, seguindo os passos do avô, para estudar medicina.

Medicina, Clérigo e H.M.S Beagle

Darwin começou a estudar medicina em Edimburgo, em 1825, mas abandonou a carreira de médico devido aos seus constantes enjoos diante das práticas cirúrgicas da época. O biólogo britânico, demonstrava seu interesse por biologia desde criança, mas foi quando se matriculou em Teologia, em Cambridge que teve mais tempo para se aprofundar no assunto.

Formou-se em 1831, mas antes de conseguir um emprego como clérigo, foi indicado por seu tutor na universidade para uma expedição, H.M.S Beagle, que passaria por quatro continentes. Darwin viajou por cinco anos com o navio e aproveitou seu tempo para investigar a geologia local de cada continente e se estudar obras como “Princípios”, de Charles Lyell.

Essa obra ajudou a refletir sobre os processos lentos e transformações que acontecem ao longo tempo. Depois de fazer diversas anotações resultado de suas observações durante a viagem rendem seu primeiro relato sobre a evolução das espécies.

Alfred Russel Wallace x Charles Darwin

Em 1858, Charles Darwin, já em casa, havia escrito sua teoria da evolução, porém não tinha publicado. Alfred Russel Wallace, inspirou-se em Darwin e partiu de forma independente na sua própria expedição e desenvolveu a sua teoria da seleção natural.

A grande questão que cercou esses dois grandes pesquisadores, foi que Wallace pediu conselhos a Darwin através de uma carta sobre como poderia publicar sua teoria. Essa carta fez com que o pesquisador britânico viesse a público com sua teoria da seleção natural dando créditos à Alfred Wallace por suas descobertas independentes.

As ideias de Charles Darwin seriam apresentadas inicialmente a entidade de História Natural da Grã-Bretanha. Ele havia acertado que as duas teorias, tanto a dele quanto a de Wallace, seriam apresentadas ao mesmo tempo. Entretanto, Darwin não compareceu a apresentação e Wallace estava fora do país.

Quase 10 anos depois, em 1959, Darwin finalmente publica a sua teoria, “A origem das espécies por meio de seleção natural). O biólogo estava relutante em defender sua teoria publicamente por medo de perder seu prestígio e enfrentar a forte crítica da igreja.

A obra de Darwin teve várias edições, mas foi apenas na quinta edição que ele colocou a teoria sobre a sobrevivência do mais apto. Essa frase é do filosófo Herbert Spencer, mas passou a definir toda a teoria de Charles Darwin e o pesquisadores de definia como agnóstico.

Museu de História Natural em Londres

Museu de História Natural - Mapa de Londres
Museu de História Natural de Londres. Foto: Mapa de Londres

O Museu de História Natural em Londres, conta com uma coleção que tem 1.628 obras escritas por Darwin em diversos idiomas, que incluem 477 edições da obra “A origem das espécies”. Essa coleção foi adquirida em 2006 e é a maior relacionada ao pesquisador britânico.

No site do museu, ainda é possível ver gratuitamente 330 títulos da coleção de Darwin. Esse acervo é uma ação em conjunto da Biblioteca da Universidade de Cambridge, Museu de História Natural Americano e Biodiversity Heritage Library. Charles Darwin faleceu em Downe, Inglaterra, em 19 de abril de 1882.

Leia: Como visitar o Museu de História Natural

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

Sem comentários