Perfil do Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth II

7
795
Descubra!

O Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth II, é um dos personagens mais carismáticos e enigmáticos da monarquia britânica.

Com a série The Crown, essa figura que parece que vai chegar aos 100 anos ganhou os holofotes. E neste post vamos descobrir por quê 🙂

Desde 1952, Philip é o marido da Rainha Elizabeth II e consorte do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte – o mais velho na história de toda a realeza britânica.

Filho do príncipe André da Grécia e Dinamarca e da princesa Alice de Battenberg, o nobre nasceu na Grécia, em 10 de junho de 1921. De lá, porém, foi expulso junto aos pais ainda quando criança.

Mas, então, como as histórias do Príncipe Philip e da Rainha Elizabeth II se cruzaram? É o que vamos desvendar a seguir.

Príncipe Philip
Philip serviu à Marinha durante a Segunda Guerra Mundial. Foto: Jamie McCaffrey, CC BY 2.0

Príncipe Philip e a Rainha Elizabeth II

Se você gosta de um bom romance, a história de Philip e Elizabeth é imperdível.  Não é à toa que a vida dos monarcas resultou em um roteiro instigante para um seriado.

Vamos começar resgatando um pouco do passado de Philip. Ainda bebê, com 18 meses de vida, o atual duque foi expulso junto de sua família da Grécia, quando uma corte revolucionária tomou o poder durante a Guerra Greco-Turca.

A bordo do HMS Calypso, então, eles rumaram para a França. Durante a infância e juventude, Phillip estudou na Inglaterra, na Escócia, na Alemanha.

A ligação de Phillip com a Inglaterra teve muito a ver com seu avô materno: o príncipe Luís de Battenberg, conhecido como Luís Mountbatten, 1.º Marquês de Milford Haven.

Ele foi naturalizado como cidadão britânico, após uma carreira na Marinha Real Britânica. Durante a Primeira Guerra, renunciou seus títulos germânicos e adotou o sobrenome de Mountbatten.

Phillip teve uma trajetória semelhante a do avô. Em 1939, aos 18 anos, ele se juntou à Marinha Real Britânica. Foi naquele mesmo ano que Elizabeth e Philip se conheceram, quando ela, aos 13 anos, fez uma visita à Real Escola Naval de Dartmouth, junto de seus pais.

Diz a história que Elizabeth rapidamente se apaixonou. Com o consentimento de seu pai, o Rei George VI, ela e Philip começaram a se corresponder por cartas (?).

Mas, se você prestou atenção nas datas, já deve ter percebido que o cenário para um romance não era o mais favorável. Estava prestes a eclodir a Segunda Guerra Mundial.

No decorrer da Segunda Guerra, Philip serviu às forças britânicas no Mediterrâneo e no Pacífico – mas o romance não morreu. Em 1946, ao fim do confronto, ele recebeu a permissão do rei para desposar Elizabeth.

Para isso, abdicou de seus títulos gregos e dinamarqueses, se converteu para o anglicanismo e se naturalizou como cidadão britânico, adotando o sobrenome do avô, Mountbatten.

Philip e Elizabeth se casaram em 20 de novembro de 1947, na Abadia de Westminster, após cinco meses de noivado. Ao se casar, Philip recebeu o título de Duque de Edimburgo. Ele continuou a servir na Marinha até que, inesperadamente, Elizabeth teve de assumir o trono em 1952.

É claro que, como estamos resgatando a trajetória de um casal nonagenário, tivemos que dar uma resumida na história. Mas vale acompanhar a série The Crown, disponível no Netflix, para não perder nenhum detalhe.

4 curiosidades sobre o Príncipe Philip

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a história do Príncipe Philip? Então veja mais algumas curiosidades pontuais sobre o marido da Rainha:

  • Philip esteve presente em vários confrontos durante a II Guerra, inclusive na Batalha de Creta e na Batalha do Cabo Tênaro
  • Em outubro de 1942, aos 21 anos, ele se tornou o primeiro tenente (segundo em comando) do navio Wallace. Um dos mais jovens marinheiros a alcançar a posição na história da Marinha Real.
  • Quando se casou com Elizabeth, Philip recebeu três títulos: Duque de Edimburgo, Conde de Merioneth e Barão de Greenwich
  • Depois de sua lua de mel, Philip trabalhou no Almirantado Britânico e integrou o quadro de funcionários da Real Escola Naval em Greenwich.

E aí, o que achou da história do príncipe Philip? Já conhecida todas as curiosidades sobre o casal? Está assistindo The Crown? Deixe um comentário. ?

Descubra!

7 COMENTÁRIOS

  1. Adoro muito a história da monarquia inglesa e acompanho a série Netflix enterteinement sobre a coroa inglesa, The Crown. Realmente é uma história muito interessante e faz_nos voltar ao tempo para conhecer uma era áurea da história da monarquia.
    Sou professora de língua portuguesa e História, o que me faz feliz por compartilhar assuntos tão importantes para o mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Publique seu Comentário
Entre com seu nome aqui