Londres vai dificultar entrada de estudantes

Londres vai dificultar entrada de estudantes

0

Quem sonha em trabalhar e estudar em Londres tem um probleminha pela frente. O governo britânico pretende dificultar – e muito – o estudo na capital inglesa. Os estudantes que reservarem escolas caras e conceituadas, no entanto, não serão afetados. O problema será para os que não dispuserem da grana para bancar instituições de ensino respeitáveis ou tiverem em mente se matricular só para arranjar visto de estudante. A previsão é que as medidas adotadas barrem a entrada de 80 mil pessoas por ano.

Reprodução, The Guardian

Muitos brasileiros que almejam ganhar a vida trabalhando em Londres decidem se matricular em escolas de inglês mambembes, que cobram valores menores e deixam que seus estudantes passem os dias longe das salas de aula. Com a matrícula em dia na instituição de ensino, a ideia é obter visto que permita quatro horas de trabalho por dia (na prática, ilimitadas).

Com inflação alta e taxa de desemprego alarmante para os padrões ingleses, Londres não quer mais saber de tantos ilegais ou quase ilegais no país. Theresa May, da casa civil, revelou planos de reduzir os vistos de estudante em 25% ao ano, de acordo com o jornal The Guardian.

A imigração, já tão rigorosa, deve se tornar ainda mais ríspida no trato aos imigrantes, especialmente os brasileiros. Por isso, quem tem planos de vir para o Reino Unido pode ir pensando em gastar um pouco mais na escola de inglês, caprichar mais no estudo do inglês, trazer mais dinheiro e despender mais grana antes de trabalhar legalmente em Londres.

Deixe seu comentário

Sem comentários