Cartão postal é com o Rio Tâmisa

1
176
Descubra!

O rio que cruza a cidade de Londres tem importância imensa para a cidade. Grande parte do turismo de Londres gira em torno do Tâmisa (Thames para os londrinos), já que pontes como a Tower Bridge e a Millennium Bridge o cruzam, e vários outros pontos turísticos como o Parlamento Britânico e o complexo cultural Southbank Centre ficam à beira dessas águas. Tem importância econômica também, já que possui vários portos e ainda serve como via de transporte e pesca.


Todavia o Tâmisa já foi um dos rios mais poluídos do planeta. Em 1858, o rio adquiriu apelido de “Grande Fedor”. A poluição e o mau cheiro das águas eram tão grandes, que até as sessões do Parlamento tiveram que ser suspensas. Isso foi o resultado de séculos de detritos e excrementos arremessados no rio. O rio chegou a ser considerado biologicamente morto.

A despoluição do rio começou em 1960, quando foram impostas leis que proibiam a poluição pelas fabricas, que eram as principais culpadas, embora esgotos, carros e casas também fossem responsáveis. Foram gastos milhões na despoluição, mas hoje o Thames conta com aproximadamente 118 espécies de peixes e eventualmente com a visita de golfinhos e tartarugas marinhas, sem contar as várias espécies de aves que passam por ele diariamente.

Endereço: Nascente próxima a aldeia de Kemble e foz no Mar do Norte.

 

Descubra!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Publique seu Comentário
Entre com seu nome aqui