Museu de Cera Madame Tussauds: tudo começou em Londres

ANÚNCIO

O Museu de Cera Madame Tussauds é mundialmente conhecido e tem franquias espalhadas em 12 países. Mas foi em Londres que tudo começou.

Aqui se encontram estátuas perfeitas de grandes estrelas do mundo artístico e personalidades históricas, como os Beatles, Churchill e Gandhi.

ANÚNCIO

E a produção não para: popstars emergentes logo ganham sua versão de cera no museu.

Se você visitar apenas um museu de cera em sua vida, que seja o Madame Tussauds de Londres. Você não vai se arrepender.

O que é o Museu de Cera Madame Tussauds

O Museu de Cera Madame Tussauds é a franquia mais famosa de museus em todo o mundo. Muitas cidades turísticas, como Nova York e Amsterdam, têm o seu.

ANÚNCIO

Mas o museu de cera de Londres é especial. Além de ser o primeiro e conter alguns dos principais ícones britânicos, o museu se localiza em uma área muito bonita, pertinho de Baker Street, da Casa do Sherlock Holmes e do Regent’s Park, nosso parque favorito.

A ideia do Madame Tussauds é recriar com perfeição os nomes mais importantes das artes e da cultura. Algumas das estátuas são tão bem feitas, que parecem reais.

Para você ter uma ideia da verossimilhança das criações: mais de uma vez, sites da imprensa já publicaram fotos do boneco de cera da Rainha como se fosse a própria Elizabeth II.

Como visitar o Museu de Cera de Londres

  • Horários: variam muito conforme a época do ano (confira aqui)
  • Endereço: Marylebone Rd, Londres NW1 5LR, Reino Unido
  • Mapa para chegar ao Madame Tussauds
  • Metrô: Baker Street (Bakerloo, Circle, Hammersmith & City, Jubilee e Metropolitan Lines)
  • Ingressos: compre online
  • Aqui pertinhoMuseu do Sherlock Holmese Regent’s Park
  • Para economizar: compre o combo 4 em 1 do VisitBritain, que dá um bom desconto para ingressos combinados de Madame Tussauds + London Eye + Aquário de Londres + London Dungeon. Comprando todos os quatro, você pode economizar 40% do valor total.
  • Para evitar tumulto: se possível, vá ao museu durante a semana, à tarde. No fim de semana e pela manhã, o lugar fica completamente lotado de crianças correndo de um lado para o outro.

Ingresso combinado (com desconto): Madame Tussauds – London Eye – SEA LIFE (CLIQUE)

Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
Assim começa o passeio pelo Madame Tussauds. Fotos: Mapa de Londres
Evite ir em dias de semana durante a manhã, pois muitas escolas realizam passeios no museu
Fila de estudantes pela manhã em frente ao museu de cera

Madame Tussauds de Londres vale a pena?

Apesar do preço alto, a entrada para o museu de cera de Londres vale a pena – desde que você não tenha visitado outro Madame Tussauds, claro.

Impossível não se divertir tirando fotos ao lado dos Beatles, da Família Real e de diversos outros ícones da história.

Com alguma disposição, você vai entrar no clima rapidinho.

E se houver crianças na turma, a visita é, de fato, imperdível.

Na entrada, flashes por todos os lados
Na entrada, flashes por todos os lados

Cada uma das salas apresenta um grupo de celebridades e normalmente elas são reunidas com algum critério. Por exemplo, casais costumam ficar abraçados ou perto um do outro.

E a atenção ao detalhe é bem grande: um dia depois do anúncio da separação de Brad Pitt e Angelina Jolie, funcionários do museu já separaram as estátuas.

Essa dedicação e busca pela verossimilhança se encontra em todas as etapas do passeio.

Se você parar do lado de uma das estátuas, vai ficar surpreso, na maioria dos casos, com o grau de realismo que elas possuem. É de ficar de boca aberta (mesmo!).

Ingresso combinado (com desconto): Madame Tussauds – London Eye – SEA LIFE (CLIQUE)

Destaques do Museu de Cera

Museu de Cera Madame Tussauds: tudo começou em Londres
Mesmo em cera, Beatles são bastante disputados
Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
Churchill e Hitler
Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
The king is in the house
Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
Amy Winehouse
Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
Freddie Mercury
Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
O Duque e a Duquesa de Cambridge, William e Kate
Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
Principe Philip e a Rainha Elizabeth II
Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
Príncipe Charles, o primeiro na linha de sucessão ao trono
Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
Pelé

Atrações do Madame Tussauds – além das estátuas

Além da exposição principal, com personalidades enceradas, o museu de cera de Londres oferece ainda duas opções de entretenimento, já inclusas no pacote: um cinema 4D com heróis da Marvel e um passeio de terror com atores, no estilo da London Dungeon e London Bridge Experience.

Ambas as atrações paralelas são bem bacanas e rendem boas risadas.

Crianças pequenas, porém, podem sentir muito medo na hora de encarar as agruras do Scream, o túnel de horrores do museu.

Preste atenção ao aviso na entrada: se você não encostar nos atores, eles não vão encostar em você. Na pior das hipóteses, feche os olhos do seu filho e siga em frente.

Madame Tussauds - Museu de Cera - Mapa de Londres
Vlad, o Impalador

10 Curiosidades do Madame Tussauds de Londres

  1. Mais de 500 milhões de pessoas já visitaram o Madame Tussauds de Londres desde sua inauguração.
  2. O primeiro museu de cera Madame Tussauds foi inaugurado em Londres, na Baker Street, por volta de 1835. Mas sua criadora, a artista Marie Tussaud (originalmente Marie Grosholtz), nasceu em Estrasburgo, na França, em 1761. Marie aprendeu a arte com o patrão de sua mãe, médico suíço Philippe Curtius, que fazia modelos de cera para ilustrar estudos de anatomia. Não demorou para que ela começasse a produzir seus próprios bonecos, de figuras famosas, ainda adolescente.
  3. Aos 17 anos, Mary se tornou tutora de arte da irmã do Rei Louis XVI, no Palácio de Verssailles. Durante a Revolução Francesa, foi presa e forçada a provar sua fidelidade aos nobres criando máscaras mortuárias de aristocratas executados. No início do século 19, Madame Tussaud principiou uma exposição itinerante pela Grã-Bretanha, que culminou em seu museu na Baker Street. Alguns dos trabalhos originais de Mary, como as máscaras mortuárias, ainda estão em exposição em Londres.
  4. O cantor Justin Timberlake é o boneco de cera mais abraçado de Londres.
  5. O boneco da estrela de Bollywood (a Hollywood indiana) Shah Rukh Khan foi o primeiro a receber um pedido de casamento. Uma fã apaixonada viajou de Bradford em abril de 2007 para presentear seu amado (de cera) com um anel de compromisso de diamante. Até agora, não houve resposta.
  6. Você sabia que o cabelo dos bonecos é de verdade? Sim, inclusive nas barbas, sobrancelhas e bigodes. E, em cada um dos museus Madame Tussauds pelo mundo, há profissionais designados para manter a boa aparência dos adornos capilares – com xampu e pente, inclusive. Em 1996, um funcionário ficou perplexo ao notar que o cabelo de Hitler parecia estar crescendo – e de tal forma, que precisou de um corte.
  7. Um boneco de cera do Madame Tussauds leva quatro meses para ficar pronto. O processo começa com as primeiras medições (mais de 500) e fotos dos modelos e se encerra com o lançamento para a imprensa. Ao todo, cada criação consome 150 mil libras e envolve o trabalho de 20 artistas.
  8. Em 2002, durante a Copa do Mundo, o museu Madame Tussauds resolveu homenagear o jogador David Beckham colocando um boneco na Trafalgar Square. As autoridades não curtiram a ideia e demandaram sua remoção, embora uma parcela do público tenha aprovado a ideia inusitada.
  9. O maior boneco já criado foi o Hulk, com 4,5 metros de altura e 2,4 metros de largura, com dedos mais grossos do que braços de um adulto normal. Já o menor boneco até hoje é o da Sininho, do Peter Pan, com pouco menos de 16 centímetros de altura.
  10. O museu de Londres escapou de três catástrofes no século 20: um incêndio enorme em 1925, um terremoto em 1931 e o bombardeio nazista durante a Segunda Guerra, em 1940. Hitler saiu ileso desta.

História do museu de cera Madame Tussauds

O Museu de Cera não tem data de criação definida oficialmente, mas foi a partir de 1835 que se estabeleceu em Londres, próximo ao local em que se situa hoje.

Antes disso, Marie Grosholtz, a Madame Tussauds, percorria as ilhas britânicas expondo suas esculturas para o público.

Marie Grosholtz nasceu e cresceu na França e aprendeu a arte de modelagem em cera com o médico Dr. Philipe Curtius, para quem sua mãe trabalhava como governanta.

As exposições de Curtis eram famosas e, logo, o talento de Marie também foi notado. Quando Curtis morreu, deixou sua coleção para Marie que, mais tarde, se casou com o engenheiro francês François Tussauds.

A França sofria nesta época com a Revolução e, para continuar suas exposições, Marie decidiu ir para o Reino Unido, junto de seu filho mais velho.

Em 1822, o naufrágio de um navio a fez perder muitas de suas peças. O museu de cera sofreu outra baixa em 1925, em um incêndio que destruiu relíquias da era napoleônica.

Em 1940, durante um bombardeio da Segunda Guerra Mundial, mais de 300 figuras foram destruídas.

Dez anos depois, Madame Tussauds faleceu. Suas criações, no entanto, permanecem em exposição, ao lado de diversos bonecos novos, constituídos desde aquela época.

Ingresso combinado (com desconto): Madame Tussauds – London Eye – SEA LIFE (CLIQUE)

ANÚNCIO