Vamos falar inglês em Londres?

Vamos falar inglês em Londres?

Big Ben - Palácio de Westminster - Mapa de Londres
Welcome to London! Foto: Gustavo Heldt, Mapa de Londres

Muitos brasileiros viajam para Londres para aperfeiçoar o inglês e, quando chegam aqui, acabam estudando com brasileiros, morando com brasileiros, almoçando em restaurantes brasileiros e falando apenas português fora da aula.

Isso é um problema, porque não se aprende inglês apenas na escola, mas também em diálogos que transcorrem em situações cotidianas. Se fosse para praticar só na aula, não precisaria vir até o Reino Unido. No fim das contas, quanto mais você praticar o inglês, maior fluência vai adquirir.

Para isso, o Mapa de Londres tem duas dicas:

1) Converse em inglês mesmo com brasileiros

É impossível vir para Londres e não encontrar outros brasileiros. Então, que tal combinar com conhecidos da escola e colegas de casa para falar apenas em inglês?

Certamente, vez ou outra, o português vai aparecer, mas não custa se esforçar para que o inglês prevaleça. E lembre-se: quanto antes você se conscientizar de priorizar o inglês em todos os seus contatos, mais você vai aprender e menor probabilidade você terá de se acomodar falando no seu idioma natal.

Não é porque aqui em Londres tem bares com caipirinha, festas temáticas com músicas brasileiras e restaurantes totalmente tupiniquins que você vai abandonar seu objetivo primordial. Saia da zona de conforto and welcome to London.

CasaLondres - Mapa de Londres
Casa onde moro atualmente 🙂

2) Conviva com estrangeiros

Algumas empresas brasileiras de acomodação têm apenas moradores brasileiros, o que não é o ideal. Escolha uma residência que favoreça o contato com estrangeiros. Assim, os moradores da casa tendem a se comunicar em inglês para que todos possam entender.

Aqui em Londres, eu moro em uma casa da empresa CasaLondres, na zona norte da cidade. Atualmente, moro com um espanhol (que terá em breve a companhia de sua namorada húngara), uma alemã e dois brasileiros. Com esse ambiente multicultural, os diálogos quase sempre transcorrem em inglês, e um costuma perguntar para o outro quando não sabe determinada palavra.

Pelo que eu pesquisei, aproximadamente metade dos moradores das mais de 20 casas da CasaLondres são de outras nacionalidades. Acho que esse é um percentual bem interessante, porque o brasileiro que chega se sente acolhido por compatriotas e ainda tem a possibilidade de conviver diariamente com outras nacionalidades.

Existem outras empresas e sites que oferecem acomodação de curto e longo prazo, como Airbnb e Gumtree. Mas, para quem vai ficar por um período superior a um mês em Londres, recomendo dar uma olhada nos serviços da CasaLondres, nossa parceira de acomodação na cidade. Eu já morei em outros lugares aqui na cidade e não conheço serviço tão bom quanto o deles.

Este é um serviço indicado pelo Mapa de Londres

Como nossos leitores costumam pedir indicações de empresas confiáveis em Londres, o Mapa de Londres resolveu conhecer de perto diversos serviços, companhias e profissionais na cidade para recomendar apenas o melhor. A CasaLondres é uma dessas empresas. Nosso site recebe uma comissão por indicação, mas essa indicação não encarece o valor para o leitor.

Saiba mais

O que a CasaLondres oferece

Leia também

Relatos de intercambistas

Por que estudar em Londres?

Preços do supermercado em Londres

Custos para estudantes em Londres

Descontos para estudantes no transporte

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

1 comentário