Por dentro da St Paul’s Cathedral

Por dentro da St Paul’s Cathedral

13

A St Paul’s Cathedral é um cartão postal de Londres. A versão atual da igreja foi arquitetada pela equipe de Sir Christopher Wren após o Grande Incêndio de 1666. Reconstruída, tornou-se o prédio mais alto da cidade entre 1710 a 1962. Sua cúpula, uma das maiores do mundo, resistiu bravamente aos bombardeios durante a Segunda Guerra e serviu de alento ao povo britânico, que a via entremeada por fumaça e escombros das construções ao redor. É por dentro, porém, onde as câmeras fotográficas não são permitidas, que se encontram retalhos de grande parte da história da capital britânica.

Foto: Mapa de Londres
Foto: Mapa de Londres

Erigida no ponto mais alto da City of London, berço de Londres, a St Paul’s Cathedral é uma das igrejas mais importantes da cidade. Desde 604, trata-se de local de homenagem e celebração ao Santo Paulo. Ao longo dos anos, a igreja abrigou os funerais de Lord Nelson, do Duque de Wellington, de Sir Winston Churchill e de Margaret Thatcher, as celebrações do Jubileu da Rainha Victoria, dos anúncios de paz após a Primeira e a Segunda Guerra, os casamentos de Charles e Diana e o Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth II.

Foto: Mapa de Londres
Foto: Mapa de Londres
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Conheça a St Paul’s Cathedral por dentro

Estação: St Paul’s (Central Line)

Veja no mapa

Horários: Segunda a sábado, das 8h30 às 16h30 (Últimos ingressos vendidos às 16h)

Ingresso: Adulto 16 libras / Crianças 7 libras. Dá direito à entrada na catedral, na cripta, na galerias no domo e a um guia multimídia

Importante: Fotografias não são permitidas

Destaques da visita

A cúpula

A cúpula. Foto: Divulgação
Foto: Mapa de Londres
Foto: Mapa de Londres

Suba até a cúpula, uma das maiores do mundo, e experimente a acústica da Galeria dos Sussurros (Whispering Gallery). Sua voz, mesmo baixinha, poderá ser ouvida do outro lado do domo. Na Golden Gallery, no topo da cúpula, você tem uma vista panorâmica da cidade de Londres.

Tour multimídiaTour multimídia

Com o guia multimídia, já incluso no ingresso, você poderá compreender detalhes da história, das pinturas, dos mosaicos, dos túmulos e dos símbolos litúrgicos da igreja.

Túmulo do Lorde Nelson
Túmulo do Lorde Nelson

A Cripta

Desça até o underground da igreja e perscrute a cripta, onde repousam eternamente heróis como Lorde Nelson, Duque de Wellington e Sir Christopher Wren.

O Oculus

Uma exibição cinematográfica em 270 graus leva o visitante em uma verdadeira viagem pelos 1400 anos de história da St Paul’s Cathedral.

Saiba mais sobre a St Paul’s Cathedral

Vale apena?

Muitos turistas acabam tirando fotos na frente da St Paul’s e acabam não entrando. Estão perdendo uma bela experiência, que toma forma logo nos primeiros minutos da visita. O interior da igreja é lindo, cheio de detalhes, mosaicos, cores e histórias. Para quem dispõe de um tempinho, subir até a cúpula e acompanhar os destaques da St Paul’s com o guia multimídia vale muito a pena.

E você? Curtiu entrar na St. Paul’s Cathedral? Deixe um comentário contando como foi sua visita.

E também

A Abadia de Westminster

Mais igrejas de Londres

A City of London

Outras atrações na cidade

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

13 comentários

  1. Gostaria de saber quanto tempo dura em média a visita a St Paul’s e se na opinião de vocês vale mais a pena visitar a St Paul’s ou a Abadia de Westminster. Vamos para Londres em janeiro e estamos em dúvida. Obrigada!

  2. Aproveitamos a Evensong p/ entrarmos.Para nós foi o melhor,o coral acompanhado pelo Orgão de Tubos é muito emocionante.

  3. Visitei a catedral em maio deste ano e fiquei encantada, umas das igrejas mais lindas que já vi!! Vale muito a pena também subir até a cúpula e até a parte mais alta, mas precisa de muito fôlego rsrs… Dá pra ver boa parte da cidade!

  4. A visita é uma experiência incrível e foi o primeiro ponto turístico que escolhi visitar quando cheguei em Londres em março de 2012. Não cheguei ao domo pq estava fechado para reforma e iria reabrir na primavera. A igreja é linda, histórica e um dos símbolos mais importantes e significativos de Londres.

  5. Visitei a Catedral de St Paul’s julho passado e foi uma experiência inesquecível. Confesso que chorei quase o tempo todo que estava lá. É muita história contida ali dentro. Embora eu tenha entrado, não paguei por isso, pois fui no horário da Evensong, às 17:00. Não pude tirar fotos do interior, não subi até a cúpula e não fui ao underground, mas isso não tirou a emoção da visita. É simplesmente magnífica.