Museu da Força Aérea Real em Londres

Museu da Força Aérea Real em Londres

Foto: Domínio público
Cartaz após Segunda Guerra. Foto: Domínio público

Nunca antes na história do conflito humano tanto foi devido por tantos a tão poucos. Na verdade, “Never in the history of human conflict was so much owed by so many to so few”. A frase foi proferida em agosto de 1940 pelo então primeiro-ministro britânico Winston Churchill, em discurso no Parlamento. Afastado do centro de Londres, em Colindale, na Zona 4, o Museu da Força Aérea Real (Royal Air Force Museum) conta a história desses “few”.

Esse é o apelido dos combatentes da Força Aérea Real, a primeira força aérea independente (do Exército e da Marinha) no mundo. A Royal Air Force (RAF) foi criada pela Inglaterra no fim da Primeira Guerra, em 1918. Na época, tratava-se da maior força aérea do planeta.

Hoje, prestes a embarcar para o seu primeiro centenário, a RAF segue como uma das mais poderosas forças aéreas em ação e é lembrada por campanhas históricas, como a da Battle of Britain, de 1940, quando enfrentou a temida Luftwaffe, reprimiu durante quase quatro meses as investidas nazistas e frustrou os planos de Hitler, obcecado por invadir e subjugar Londres, último foco de resistência na Europa.

Visita ao Museu da Força Aérea Real

O Royal Air Force Museum não consta na maioria dos roteiros turísticos em Londres. A visita ao Museu da Força Aérea é para quem se interessa pela história das guerras nas quais a Inglaterra já se envolveu (Primeira e Segunda Guerra Mundial, Iraque, Malvinas, entre muitas outras), pela história da aviação e pela própria história da RAF. No primeiro caso, há que se lembrar ainda da existência de dois museus muito importantes, o Churchill War Rooms e o Imperial War Museum. A menos que você tenha um interesse específico pelos ares, esses dois museus devem aparecer antes no seu itinerário.

Ingresso: Gratuito

Onde: RAF Museum London, Grahame Park Way, London, NW9 5LL

Metrô: Colindale (Northern Line).

Veja no mapa

A estação se situa na zona 4, o que significa um acréscimo de 3,20 libras (já contando ida e volta) para quem dispõe de um passe para zonas 1 e 2 no dia.

Horários: Diariamente, das 10h às 18h (entrada até 17h30)

Tempo no museu: no mínimo, 2 horas

Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
No pátio do museu. Fotos: Gustavo Heldt, Mapa de Londres

O que você encontra no Royal Air Force Museum

O museu apresenta, principalmente, aeronaves utilizadas nos grandes conflitos nos quais a Inglaterra se envolveu em sua história. Além dos aviões (alguns deles inacreditavelmente gigantes), a exposição conta com outros destaques, como cartas de combatentes, equipamentos de proteção utilizados nas aeronaves, motores de diferentes períodos e fabricantes, fotos de momentos históricos, filmes explicando alguns aspectos da Battle of Britain e das Bouncing Bombs e até as instruções dadas aos combatentes britânicos em caso de captura pelas forças nazistas.

Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Aviões por todos os lados

A primeira coisa que você verá no museu é um grande hangar repleto de aviões (alguns pelos ares, alguns no solo) e monitores com informações sobre cada um deles. Você pode tirar fotos, admirar um ou outro e buscar mais detalhes sobre alguns. Mas não se empolgue: esse é apenas o primeiro hangar – há outros quatro, com tantas ou mais aeronaves em cada um.

Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Primeiro hangar com modelos históricos
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Bonecos dão mais realismo ao cenário

Conflitos

Para o visitante médio, que não tem tanto interesse por detalhes técnicos das aeronaves, a melhor maneira de se organizar mentalmente é dividir os aviões em conflitos: Primeira Guerra, Segunda Guerra, etc. Muitos, claro, foram usados em mais de uma guerra. Todas essas informações constam em placas próximas aos modelos.

Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Trégua de Natal com direito a jogo de futebol entre soldados britânicos e alemães na Primeira Guerra, em 1914
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Este mural gigante tem toda a cronologia da aviação sob o prisma da RAF
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
O Santos Dumont aparece por aqui

Segunda Guerra

Um dos tópicos mais fascinantes entre todos os conflitos bélicos que a humanidade já vivenciou, a Segunda Guerra Mundial tem grande destaque no Museu da Força Aérea em Londres. Entre aviões, cartas, placas, objetos e informações diversas, confira cinco itens da coleção sobre o tema:

Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Instruções para os combatentes capturados pelas forças inimigas (Clique para ampliar)
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
E o Spitfire era a arma britânica contra a poderosa Luftwaffe
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
No fim da Segunda Guerra, os holandeses, ainda sob ocupação nazista e isolados do resto do mundo, passavam fome. A placa agradece a ajuda da RAF, que lhes levou toneladas de comida com aviões em 1945
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
O ingresso dos EUA na Segunda Guerra definiu o rumo do conflito
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Messerschmitt Bf 109 era o avião usado na Segunda Guerra pelo alemão Erich Hartmann, considerado um dos maiores pilotos de combate da história, com 352 vitórias na carreira

Keith Moon

Para o fã de The Who, o símbolo da RAF é o que mais vai chamar a atenção. Sim, você já viu essa imagem em diversas camisetas utilizadas por Keith Moon, o baterista mais louco do Rock, que esmurrava os pratos com uma técnica singular enquanto ditava o ritmo de Pete Towshend, John Entwistle e Roger Daltrey. (Nota paralela para esse fã hipotético: Keith Moon morreu em um apartamento em Londres, em Mayfair, em 7 de setembro de 1978.)

Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
O alvo de arco-e-flecha é o símbolo da Royal Air Force

Conexão Real

Para o fã da Realeza, a monarquia tem laços tradicionais com a RAF. O Príncipe de Gales, Charles, e o Duque de Cambridge, William, já serviram. O Príncipe Harry ainda detém o posto de capitão e chegou a voar em duas missões no Afeganistão.

Mais destaques

Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Alguns aviões simplesmente não cabem na foto. Avro Vulcan (medium bomber, 1956-1984)
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Roupas aquecidas para os voos
Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Painel com os Ases da Aviação, os pilotos bombardeiros que mais aterrorizavam os céus

Loja da RAF

A visita ao museu acaba na lojinha da RAF, que tem um monte de itens interessantes. Vale dar uma voltinha por aqui. Ó:

Royal Air Force Museum - Mapa de Londres
Aficionados pelas guerras vão gastar algumas libras por aqui

Conheça também

O maior museu sobre guerras em Londres: Imperial War Museum

O melhor museu sobre a Segunda Guerra: Churchill War Rooms

O navio que virou museu: HMS Belfast

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

6 comentários

  1. Bom dia,
    Meu marido e eu vamos a Londres, e cm ele
    É piloto de avião à visita ao museu será obrigatoria. Cm temos pouco tempos em Londres, apenas 4 dias, gostaria de saber o que tem próximo a esse museu para aproveitarmos a viagem! Obrigada!!

    • Oi, Veronica! Não tem muita coisa perto do museu da RAF, na zona 4, em Colindale. Mas dá para ir da estação mais central de Londres (Charing Cross) até lá em 40 minutos, ou seja, não é o fim do mundo 🙂 Basta pegar a Northern line. Abs

  2. Na foto que mostra um aviao nazista amarelo trata-se de um “Messerschimit Bf-109” e nao um “Fw-190” como mencionado na legenda.