Lugares frequentados pelos Beatles em Londres

Lugares frequentados pelos Beatles em Londres

Capa do álbum Abbey Road

Quando os Beatles chegaram a Londres, no início da década de 1960, eles não eram os Beatles. Até tinham esse nome, mas ainda não produziam gritos histéricos das fãs e não as tinham em grande quantidade. É fã da banda e vai viajar para Londres? Agora você vai conhecer os lugares que marcaram a história do grupo na capital britânica.

O que eles viram

O primeiro vislumbre da capital britânica para os quatro rapazes de Liverpool ocorreu ao deixarem a estação de Euston rumo ao Royal Hotel, que, apesar do nome, não poderia receber nem o bobo da corte em suas dependências. A ideia era assinar com a Decca, a principal gravadora da época. Os empresários do ramo, no entanto, acreditavam que bandas com guitarras já não tinham mais mercado, e coube à Parlophone, na figura de George Martin, receber os garotos capitaneados pelo empresário Brian Epstein, que já havia promovido uma grande alteração no vestuário do grupo. Em vez das jaquetas de couro de seu período de shows em Hamburgo, os quatro conheceram Londres trajando terno e gravata.

Tour

Para os verdadeiros fãs de Beatles, o Mapa de Londres indica uma das Beatles Walks, da empresa London Walks. São caminhadas pelos principais pontos frequentados pela banda em suas passagens por Londres. O guia Richard Porter se dedica à atividade há mais de duas décadas e sabe todos os caminhos dos Fab four pela cidade. Mais informações sobre o tour.

Abbey Road

All the lonely people. Foto: Mapa de Londres
All the lonely people. Foto: Mapa de Londres

Abbey Road fica em 3 Abbey Road, St Johns Wood, NW8 9AY (Estação St John’s Wood, na Jubilee Line). Esse talvez seja o endereço beatle mais famoso. Os quatro atravessaram a faixa de pedestres da rua onde se localizava o estúdio Abbey Road para a capa do álbum homônimo. Paul McCartney, que resolveu caminhar com os pés descalços, foi alvo de boataria após a sessão de fotos. Foi naquela época que surgiu o rumor de que ele estaria morto, e aquele seria um sósia mandando uma mensagem para os fãs do grupo. Veja como visitar Abbey Road.

You say goodbye. And I say... Foto: Mapa de Londres
You say goodbye… Em frente ao estúdio Abbey Road. Foto: Mapa de Londres

Depois de imitar a foto clássica, você pode aproveitar para tomar um café no Beatles Coffee Shop na estação de St. John’s Wood (Jubilee Line), em Finchley Road, NW8 6EB. O dono do lugar, Richard Porter, é o guia da Beatles Walk e, se estiver por lá, pode prover uma conversa bem agradável e nostálgica sobre a década de 60.

Pertinho de Abbey Road

Casa de Paul McCartney em Londres há mais de quarenta anos: 7 Cavendish Avenue, St Johns Wood, NW8 9JE.

Apartamento

O primeiro e único apartamento onde os Beatles moraram juntos localizava-se na letra L do número 57 da Green Street, em Mayfair. O prédio ainda está lá, mas não pode ser visitado (pelo menos legalmente).

I Wanna Hold Your Hand

– John e Paul escreveram o primeiro single a figurar no topo das paradas na casa da então namorada do baixista, Jane Asher’s. Ela residia na 57 da Wimpole Street, e I Wanna Hold Your Hand tomou forma naquela casa.

A Hard Day’s Night

Marylebone Station, inaugurada em 1889, foi utilizada em 1964 como locação do filme “A Hard Day’s Night”.

No filme A Hard Days Night, Ringo Starr aparece jogando dardos no The Turks Head Pub. O lugar ainda existe: 28 Winchester Road, TW1 (em Twickenham).

Savile Row

O teto do escritório da gravadora Apple, dos Beatles, foi usado como o último palco da banda. Eles se apresentaram lá no número 3 da Savile Row durante 45 minutos até que a polícia os interrompesse.

Veja como visitar a Savile Row

Please Please Me

O número 20 da Manchester Square abrigou a sessão de fotos que culminou na capa do álbum Please Please Me. As famosas escadas pertenciam ao prédio da gravadora EMI. Hoje,  no lugar, existe uma construção completamente diferente, que não faz referência ao Fab Four.

Palladium

O Palladiumna Argyl Street (Estação de Oxford Circus – Central, Victoria e Bakerloo Lines),  foi palco de um show dos Beatles transmitido ao vivo para um público de 15 milhões de pessoas. A data da apresentação, 13 de outubro de 1963, é considerada por muitos o início oficial da Beatlemania, o ápice da histeria promovida pela banda nos Estados Unidos e na Inglaterra.

Plaquinha azul é o detalhe. Reprodução, Google Maps
Plaquinha azul é o detalhe. Reprodução, Google Maps

Montagu Square

Este apartamento alugado por Ringo Starr foi utilizado como a primeira residência de Yoko e John em Londres. Aqui Annie Leibowitz tirou aquela famosa foto do casal nu em cima da cama, publicada posteriormente na revista Rolling Stone. Onde: 34 Montagu Square (Estação Baker Street – linhas Circle, Hammersmith & City, Jubilee, Metropolitan e Bakerloo)

Souvenirs

Partindo da mesma estação, de Baker Street, você encontra a Beatles Store, recomendada para quem deseja comprar um souvenir. Fica no número 231 de Baker Street.

Leia também

Abbey Road

Kinks em Londres

Shows em Londres

Deixe seu comentário

18 comentários

    • Oi, Amazonita. Há tours a pé dos Beatles, passeios em ônibus, passeios por conta própria, Abbey Road, e isso tudo apenas em Londres. Em Liverpool, há o Cavern Club, Penny Lane, todo o início da história deles. O custo depende do que você realmente quer ver. abs

  1. Gostaria de alguma dicas de lugares que os fãs de Rock não podem deixar de ir em Londres. No geral, museus , pubs, ruas, onde começaram as grandes bandas e essas coisas…
    estou morando em Londres e uso literalmente o site como o meu guia turístico. Obrigada por todas as dicas

  2. […] Londres se constitui em um dos grandes berços nos quais o rock deu seus primeiros gritos. As bandas britânicas Rolling Stones, The Who, Iron Maiden, The Kinks e Beatles não são todas da capital, mas passaram um bom tempo em Londres aperfeiçoando seus acordes, flertando com drogas, bebendo como loucos, destruindo palcos e conquistando corações de garotinhas (e garotões) que ainda hoje gritam de saudade daqueles bons tempos. Conheça os lugares frequentados pelos Beatles em Londres. […]