Estudar em Londres: passo a passo para a sua viagem

Estudar em Londres: passo a passo para a sua viagem

Estudar em Londres é uma oportunidade incrível. A cidade é uma excelente opção para estudar inglês em intercâmbio ou realizar uma pós-graduação. A capital do Reino Unido apresenta algumas das características mais importantes para quem deseja aprimorar seus conhecimentos da língua inglesa, completar mestrado ou doutorado, cursos técnicos e voltados para áreas específicas, como Direito, Moda e Medicina.

Curso de inglês em Londres CTA

Por que estudar inglês em Londres

O inglês nasceu aqui, então nada melhor do que estudar em Londres e viver na Inglaterra para captar a essência de uma linguagem sintetizada há séculos sob regência de diversas influências, como a colonização romana, a chegada de tribos germânicas no século 5, a Invasão Normanda de 1066 e o poder da Igreja Católica.

As melhores escolas de inglês do Reino Unido encontram-se em Londres. Antes de escolher uma, consulte o guia oficial de ensino de inglês em Londres  Todas as escolas que aparecem no site oficial estão credenciadas pelo British Council, critério obrigatório para a concessão de vistos de estudo atualmente.

A diferença de estudar em uma capital cultural

Estudar em Londres é estudar em um caldeirão de culturas, etnias, nacionalidades e religiões. Toda a Europa está aqui, porque todo cidadão europeu pode trabalhar legalmente na cidade. Mas Londres não se contenta com europeus: em uma viagem de metrô, em uma caminhada por Oxford Circus, em uma visita a um museu, é impossível não notar a pluralidade de sotaques e idiomas falados. Por um lado, a grande quantidade de estrangeiros poderia atrapalhar o estudo do inglês. Por outro, no entanto, essa alta densidade de viajantes, turistas e estudantes de outras nacionalidades contribui muito para a familiarização com a língua, já que está todo mundo se esforçando para aprender e disposto a conhecer pessoas novas, fazer amigos e se relacionar em uma nova cidade.

Vista da London Eye para Westminster. Foto: Mapa de Londres
Vista da London Eye para Westminster. Foto: Mapa de Londres

Universidades em Londres

A Inglaterra possui um dos sistemas de ensino superior mais renomados do planeta. Nesse quesito, não é apenas Londres que está no páreo: Cambridge e Oxford ficam bem pertinho. Se você estudar no interior da Inglaterra, pode visitar Londres no fim de semana. Se estudar em Londres, pode visitar o interior no fim de semana. Para escolher, visite o site oficial da agência encarregada de promover o estudo na cidade: Study London

Razões para morar em Londres

Londres não é um lugar bom apenas para estudar – é um lugar incrível para se morar. Abaixo, algumas razões para vir passar uma temporada na capital britânica:

Transporte público eficiente

Metrô em Londres - Mapa de Londres
Metrô de Londres é chamado de ‘tube’. Foto: Mapa de Londres

Você não vai sentir saudade do carro. É incrível como a vida muda quando se descobre quão melhor é viver em uma cidade onde ter carro não é necessário. É uma liberdade incrível. Aliás, ter carro em Londres, na maioria dos casos, só atrapalha. O sistema de transporte pública dá conta plena do recado, embora, se você perguntar, os londrinos vão reclamar. Não é perfeito – e talvez existam cidades que se organizem ainda melhor -, mas não tem comparação com o Brasil.

Você pode, por exemplo, comprar um passe semanal de transporte e andar de ônibus, trem e metrô pelas zonas centrais de Londres quantas vezes quiser. Basta passar o cartão (Oyster Card) e viajar. O metrô funciona das 5h30 à 0h30, mais ou menos, e os ônibus circulam 24 horas (à noite, são os Night Buses que tomam conta da cidade, em serviço reduzido).

Todos os pontos da cidade são cobertos pelo transporte público, e o metrô pode levar você de um lugar para outro beeeem rápido. Nas paradas de ônibus, há mapas bem didáticos e paineis digitais que informam os próximos ônibus e linhas. Nas estações de metrô, os trens são frequentes, também anunciados em painéis digitais.

Além disso, o metrô é muito, muito organizado, e tudo funciona conforme o previsto. As estações, o interior dos trens e o próprio mapa apresentam as informações de forma bem intuitiva, o que facilita muito para os recém-chegados. Somando a qualidade do transporte público com o excelente nível de segurança, você tem uma cidade que lhe possibilita uma vida com muito mais liberdade. Dá para voltar para casa de madrugada, dá para passar horas circulando pelos ônibus noturnos, dá para decidir sair de última hora, dá para combinar programas com amigos a qualquer momento, etc, etc.

Segurança

Para um estudante brasileiro, não dá nem para explicar quão segura é Londres. Sem entrar em dados estatísticos, basta você saber que é possível transitar à noite sem medo, caminhar sozinho(a) em lugares distantes do centro da cidade, andar de ônibus, viajar de metrô, pegar um trem, ir para a balada e perambular por aí sem preocupação. Um dos motivos para isso é a quantidade de câmeras de segurança em Londres, provavelmente a maior em todo o mundo. Em qualquer momento, você está sendo observado. Claro que existem exceções à regra, e não se deve se descuidar em nenhum lugar do planeta.

Programas culturais

Museu Britânico tem entrada gratuita em Londres. Foto: Mapa de Londres
Museu Britânico tem entrada gratuita em Londres. Foto: Mapa de Londres

Se você quer mais da vida do que show sertanejo (sorry, fãs), Londres é um excelente caminho. Aqui você encontra alguns dos melhores museus do mundo – e muitos deles incrivelmente gratuitos. Aqui você encontra algumas das peças de teatro mais renomadas, concertos no Royal Albert Hall, shows de jazz, blues e rock da melhor qualidade, prèmieres de cinema, exposições especiais, grafites do Banksy, arte urbana, palestras gratuitas sobre história no British Museum, tours guiados com a London Walks e muito, muito mais.

Custo de vida para estudantes em Londres

Existe uma Londres para quase todos os bolsos. Foto: Mapa de Londres
Existe uma Londres para quase todos os bolsos. Foto: Mapa de Londres

Provavelmente, vão querer me matar ao ler isso, mas Londres não é tão cara assim. Por tudo que a cidade oferece, uau, Londres é quase barata. Compare a infraestrutura da sua cidade no Brasil, seja ela qual for, com a de Londres, e depois faça as contas.

Viver no Brasil é que é caro. O custo mais alto de se morar em Londres é a acomodação, que pode assustar à primeira vista. O aluguel de uma cama em um quarto duplo ou um quarto single na zona 2 pode variar de 60 a 160 libras por semana. A comida é menos cara do que se imagina. Quem quer economizar mesmo pode fazer compras no supermercado Asda, por exemplo, e adquirir produtos da marca do supermercado por preços ínfimos.

Exemplos de produtos no Asda em fevereiro de 2016:

Pizza congelada Goodfella’s 525g: 2,30 libras

Pizzas da marca Asda de 330g a 420g: 1,50 a 2 libras

Onion rings Asda 550g: 1,50 libra

Suco de laranja Innocent 1,35 litro: 2,20 libras

Presunto Asda 260 gramas: 3,20 libras

Leite Asda 2 litros: 1,70 libra

Queijo cheddar Asda 200g: 1,70 libra

Pão de sanduíche Kingsmill 800g: 1,55 libra

Caixa de cereal matinal 500 g (diversas marcas): 1,80 a 2,80 libras

Parques de Londres

Regent's Park
Regent’s Park é um dos mais belos Parques Reais de Londres. Foto: Mapa de Londres

Os Parques Reais de Londres são um bom cenário para trabalhos em grupo fora da escola, para refletir sobre a vida ou simplesmente para relaxar um pouco. São todos gratuitos, lindos, enormes, verdes e bem cuidados. Este da foto aí de cima é o Regent’s Park, na nossa opinião o mais bonito. Mas os outros não fogem desse padrão. E para estudantes brasileiros contando suas libras, nada melhor do que espaços públicos como esses.

Bom, existem inúmeros outros motivos para viajar para Londres, mas vamos parar por aqui. E aí, ainda tem dúvidas de que Londres é o melhor lugar para estudar?

Primeiros passos para estudar em Londres

Existem muitos caminhos para quem quer estudar na capital britânica. Se você não sabe muito bem por onde começar, nós recomendamos que você conheça a Global Active Study, agência de intercâmbio parceira do Mapa de Londres.

O diretor da agência, Luciano Baldauf, é muito solícito e pode ajudar a resolver qualquer dúvida que você tiver sobre o assunto. Como tem parcerias com muitas escolas na cidade, ele pode indicar quais são as mais indicadas para você.

Uma estudante de moda pode nem saber que há cursos de curta duração no Istituto Marangoni. Um jovem advogado pode não saber como encontrar um curso de inglês jurídico na cidade. Para esses e muitos outros casos, contar com a ajuda especializada de quem entende do assunto é um excelente atalho para realizar o seu sonho.

Clique abaixo para conhecer a agência:

Mais dicas para quem vai estudar em Londres

Clima

Custos de vida

Relatos de intercambistas

Vistos

Guia de atrações

Deixe seu comentário

38 comentários

  1. EU posso tirar o visto de estudante sem precisar fazer o curso igles aqui no BRASIL?
    e se eu queiser fazer o visto pra trabalhar posso fazer??

  2. Olá, já estou no UK, mas como turista, gostaria de saber se posso aplicar para o eea-family-permit aqui mesmo ou preciso mesmo ir para o Brasil para dar início ao processo lá?? Obrigado..

  3. Olá, já estou no UK mas como turista, gostaria de saber se tem como aplicar para o eea-family-permit aqui , ou tenho que aplicar primeiramente no Brasil?

  4. Estou indo para Londres no próximo ano. Pretndo morar.
    Qual a melhor opção… tentar visto de estudante ou entrar e ficar ilegal por um tempo ??
    Vou trabalhar com estética e cabelo.

    Aguardo uma ajuda.

  5. Ola boa noite. Eu gostaria de saber se o faturamento do meu restaurante no Brasil serve como comprovante de renda para passar pela imigraçao?