30 Curiosidades sobre o metrô de Londres

30 Curiosidades sobre o metrô de Londres

Foto: Gustavo Heldt, Mapa de Londres
Foto: Gustavo Heldt, Mapa de Londres

O mais antigo metrô do mundo apresenta diversas características peculiares que lhe deram fama ao longo de sua história. Conheça 30 curiosidades sobre o metrô de Londres:

30 curiosidades do metrô de Londres

Em média, cada trem percorre 184 mil quilômetros por ano.

1,23 bilhão de passageiros são transportados por ano.

Muitas estações de metrô foram usadas como abrigo antibombas durante a Segunda Guerra, no início da década de 1940.

200 mil crianças foram evacuadas de Londres pelo Underground na Segunda Guerra.

Durante a Segunda Guerra, parte do acervo do British Museum foi escondido e conservado em parte da Piccadilly Line.

Os trens apresentam velocidade média de 33 km/h.

A malha do metrô tem 402 quilômetros de extensão.

426 escadas rolantes nas estações.

Waterloo é a estação com o maior número de escadas rolantes: 23.

A escada rolante mais comprida é a da estação de Angel, com 60 metros.

A menor escada rolante é a de Stratford, com 4,1 metros.

A última escada rolante de madeira, em Greenford, será substituída ainda em 2013.

Existem 270 estações de metrô em Londres.

O metrô de Londres tem aproximadamente 19 mil funcionários.

A estação de Waterloo é a mais movimentada, com 82 milhões de passageiros por ano.

O logo do Tube, o círculo vermelho entrecortado por uma barra azul na horizontal, apareceu pela primeira vez em 1908.

Apenas 45% do Underground fica abaixo do solo.

A estação de Aldgate, na Circle e Metropolitan Lines, foi construída sobre mais de mil corpos de vítimas da Grande Praga, de 1665.

A estação mais profunda do metrô é a de Hampstead, 58,5 metros sob o solo.

Em 1924, nasceu o primeiro bebê no Underground, na estação de Elephant & Castle.

Metrô de Londres, originalmente a vapor, tem 150 anos de idade. Foto: Mapa de Londres
Metrô de Londres, originalmente a vapor, tem 150 anos de idade. Foto: Mapa de Londres

A primeira colisão no metrô aconteceu em 1938, quando dois trens se chocaram entre Waterloo e Charing Cross, deixando 12 feridos.

A frase Mind The Gap foi gravada para o metrô pela primeira vez em 1968.

Aproximadamente 50 pessoas por ano cometem suicídio no metrô.

Cigarros foram proibidos no metrô após o grande incêndio de King’s Cross, em 1987, que deixou 31 mortos.

A Central Line era conhecida como Twopenny Tube.

A Jubilee Line celebra o Jubileu de prata da Rainha Elizabeth II, em 1977, embora a linha tenha sido inaugurada só 2 anos depois.

O metrô de Londres é o terceiro mais movimentado da Europa, depois de Moscou e Paris.

Inaugurado em 1863, o Undergound é o mais antigo metrô do mundo.

O dia mais movimentado da história do metrô de Londres foi em 3 de agosto de 2012, durante as Olimpíadas, quando 4,4 milhões de passageiros passaram pelos seus trens.

O mapa do metrô atual surgiu a partir de um modelo inovador proposto por Harry Beck em 1931 – simples e intuitivo, sem respeitar as verdadeiras distâncias geográficas entre as estações.

Mais metrô em Londres

Passeio pelo Museu do Transporte

Guia para andar de metrô

Vídeo: Passeio pelo metrô

Todos os textos sobre o metrô

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres