10 Dicas para andar de metrô em Londres

10 Dicas para andar de metrô em Londres

2

O sistema de metrô de Londres é o mais intuitivo que já encontrei. Todos os caminhos, linhas, direções e conexões estão sempre bem representados em placas, mapas, avisos sonoros e letreiros eletrônicos. Mesmo assim, no início, a grande quantidade de informações pode assustar quem viaja pela primeira vez à capital britânica.

Fotos: Mapa de Londres
Símbolo do metrô alerta: há uma estação aqui. Fotos: Mapa de Londres

Por isso, seguem algumas dicas para você dominar desde o início o metrô de Londres, nosso querido tube:

1. Pegue um mapa do metrô

Primeiro de tudo, baixe um mapa ou app do metrô no seu celular. Há diversos aplicativos. Um deles, o City Mapper, disponível também para outras cidades, serve não apenas para metrô, mas também para ônibus e ajuda em qualquer trajeto, com orientação passo a passo de como ir de um ponto A a um ponto B. Mesmo depois de ter o mapinha no celular, pegue um mapinha físico na estação de metrô. Você verá que quase toda estação oferece esses mapas. São pequenos, práticos e fáceis. Para entender como ler o mapa do metrô, veja este post.

2. Planeje a sua jornada

Antes de desembarcar em Londres, conheça também o Journey Planner e o nosso post sobre como ir de um lugar para outro na cidade. Se você não tiver um celular que rode apps como o City Mapper, vai ser bem útil.

3. Defina uma estratégia de transporte

Ainda durante o planejamento da viagem, decida que método de transporte que você utilizará. Nós recomendamos o 7 Day Travelcard para a maioria dos casos. Leia este post para decidir que passe ou quanto colocar no Oyster Card conforme o número de dias em Londres. Se estiver em grupo, casal ou família, considere também a promoção 2 for 1, que dá 2 entradas a cada ingresso pago na maioria das atrações turísticas. Com a promoção, você deve usar passagens de papel, e não Oyster. Entenda.

4. Preste atenção às sinalizações na estação

De posse de um Oyster ou Travelcard de papel, dentro de uma estação, você está muito bem encaminhada para qualquer viagem. Isso porque as estações de metrô de Londres facilitam muito a vida do viajante. Para onde quer que você olhe, você verá placas, sinais ou mapas que auxiliarão em sua incursão pelo Underground. A dica aqui é prestar atenção às placas. Todo nome de linha aparece acompanhado da cor correspondente, o que ajuda os novatos.

5. Passe o Oyster na entrada e na saída

Para se direcionar às plataformas de trens, você terá que passar o seu Oyster Card ou ticket de papel em uma espécie de portão eletrônico. No caso do Oyster, basta encostar naquela área amarela. No caso do ticket, basta enfiá-lo em uma abertura acima e pegá-lo assim que o portão abrir. Na hora de sair da estação de destino, repita o mesmo processo.

6. Verifique para qual lado vai o trem

Metrô de Londres - Mapa de Londres
Westbound significa que o trem irá para a direção Oeste (esquerda no mapinha). Foto: Gustavo Heldt, Mapa de Londres

Um dos aspectos menos óbvios para quem visita Londres pela primeira vez é o “bound”. Dentro das estações, você lerá mensagens como Southbound, Northbound, Eastbound e Westbound. O que isso quer dizer? Que o trem em questão está indo para o Sul, para o Norte, para o Leste e para o Oeste. Pegue o mapinha e verifique sua posição atual: se o seu destino estiver a sua direita, é Eastbound; se estiver a sua esquerda, Westbound; para cima, Northbound; para baixo, Southbound.

7. Observe o letreiro eletrônico 

Pronto, você já está na plataforma esperando o seu trem. Agora você pode verificar em um letreiro digital quais são os próximos trens. O nome que aparecerá nesse letreiro é o da última estação para a qual o trem irá, ou seja, o destino final daquele trem. Há casos em que, em uma mesma plataforma, em uma mesma linha, um trem pare antes do final da linha, por exemplo. Então fique sempre ligado na estação que aparece no letreiro e se a sua estação desejada está no caminho até esse destino final.

8. Mind a lot of things but don’t stare

Dentro do trem, você terá mapinhas da linha, mapinhas gerais do metrô e avisos digitais e sonoros de onde você está e para onde está indo. Observe o assento preferencial para idosos, tire sua mochila das costas para dar mais espaço aos outros passageiros, segure-se bem, não fique encarando as pessoas e, depois, mind the gap between the train and the platform. Em alguns casos, o gap é bem grande.

9. Observe as placas ao sair do trem

Ao sair do trem, duas opções. Se você precisa trocar de linha, procure pela cor ou nome da linha correspondente. Você verá, sem falta, essa plaquinha (mais de uma) logo ao sair do trem. Se você deseja sair da estação, procure pela plaquinha Way Out. E depois siga os avisos. Tente não ficar parado muito tempo, senão você será atropelado.

10. Não atrapalhe a correria alheia

Na escada rolante, pare do lado direito. Se estiver com pressa, caminhe pelo lado esquerdo da escada rolante, como você verá os outros fazendo. No início, é quase apavorante a correria que se materializa no Tube. As pessoas estão loucas para chegar a algum lugar, e a sensação é de que tudo que elas querem é sair do Underground. Não atrapalhe a correria alheia e você estará a salvo.

Leia também

Guia do transporte em Londres

Como chegar de um ponto A a um ponto B

Entendendo o mapa do metrô

Nosso e-book com 7 dias de atrações em Londres:

pequeno-cta-roteiro-do-mapa-de-londres

Deixe seu comentário

2 comentários